Posts in category

REFRESCO

Gaiatice, fuleiragem e o mais puro espírito de cajazeirabilidade.

VALIOMAR ROLIM A cidade virava uma festa. A mesmice, o marasmo, a inércia perdiam a vez. A população nem lembrava que, passada a temporada do parque, seriam a pano de fundo da cena. Aquela animação acontecia com o circo, as touradas, as festas da padroeira, mas nada como o parque Lima. A precariedade das comunicações …

0 139

Na inauguração do trecho de asfalto da BR 230 entre as cidades de Patos e Campina Grande, foi anunciada a presença do sorridente Ministro dos Transportes, Mário Andreazza. Os Penetras, sabendo da festa e conscientes de que não poderiam faltar a este acontecimento político, viajaram à tarde para Patos. À noite, no palanque armado no …

0 202

VALIOMAR ROLIM Os comerciantes da cidade nem estranharam ao receber mais aquela comissão. Como sempre, tudo que era novidade começava com aquelas visitas em que, em nome das mais importantes causas, eram solicitados a contribuir, custear, patrocinar e, até, investir naquela efeméride que teria o condão de transformar seu negócio ou produto em algo nunca …

0 146

Mais uma presepada no Cine Cruzeiro… O cinema funcionava num prédio antigo e suas instalações eram muito precárias. Em tempo de chuva, apareciam inúmeras goteiras no seu interior, causando revolta nos frequentadores. E nesse malabarismo de troca de cadeiras para não se molhar, o público tinha uma noção real de que o cinema de Seu …

0 145

VALIOMAR ROLIM O Natal estava chegando. A cidade andava num desânimo há muito não experimentado. A grita era unânime, nos últimos tempos nada havia sido feito e a única coisa com que se convivia era o marasmo. O prefeito unira toda a cidade, todos juntos a falar mal dele. Aquele era o ano em que …

0 139