Cajazeiras-PB, 19/11/2017
HOME » NORDESTE » Zona Franca do Semiárido beneficiará seis estados do Nordeste

Zona Franca do Semiárido beneficiará seis estados do Nordeste

zona-2

O projeto que cria a Zona Franca do Semiárido Nordestino de autoria do deputado federal, Wilson Filho (PTB), beneficiará seis estados da região. Com o centro em Cajazeiras, a isenção de impostos será possível em uma área que compreende um círculo num raio de 250 quilômetros, chegando aos Estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Bahia.

O deputado revelou que já conta com apoios importantes no Congresso para que o projeto seja votado em plenário e aprovado. “Nós já temos o apoio do coordenador da bancada do Nordeste na Câmara e de toda bancada da Paraíba. Temos ainda a garantia dos presidentes Eduardo Cunha e Renan Calheiros de que o projeto irá para a pauta do plenário o mais breve possível. Temos também um apoio importante que é do ex-presidente Lula”, disse.

De acordo com Wilson Filho, o projeto foi reapresentado em 2011 já que ele foi apresentado primeiro por Wilson Santiago em 2003. Segundo ele, a Zona Franca do Semiárido Nordestino tem toda semelhança com a de Manaus. “É uma área com isenção de impostos para que empresas, indústrias, fábricas, possam ser instaladas gerando milhares de empregos”, destacou.

Projeto – Com a área de abrangência em forma de circulo com um raio de 250 km, em uma linha reta, a Zona Franca do Semiárido Nordestino chegará a Campina Grande, Picuí, Patos, Sousa, Cajazeiras, Princesa Isabel, Catolé do Rocha, além de municípios do Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Bahia que estarão trabalhando pela Zona Franca gerando mais empregos e renda.

“É um projeto que pode mudar radicalmente a economia do nosso Nordeste, começando pela Paraíba. Não podemos mais ficar aqui em Brasília mendigando apenas poços artesianos, que é muito importante, mas se mudarmos a economia isso não será mais problema. Nós poderemos garantir a duplicação da BR-230 porque isso será economicamente viável. Nós iremos criar hospital no Sertão, mais universidades, aeroportos, fazendo com que o Sertão cresça junto com Campina Grande e João Pessoa. Tenho certeza que num futuro bem breve estaremos trabalhando com essa nova realidade na economia da Paraíba”, afirmou o deputado Wilson Filho.

ASSESSORIA

SOBRE Christiano Moura

2 COMENTÁRIOS

  1. Roberval Moreira

    Ouvi um debate em uma radio de Cajazeiras sobre a criação da zona franca do semiárido, o entrevistado foi o autor do projeto que cria a zona franca o Deputado sertanejo Wilson Filho, e fiquei muito satisfeito com o rumo desse projeto, ele falou que provavelmente ainda este mês de abril haverá uma audiência publica em Cajazeiras para debater esse projeto, que será a redenção dos sertanejos dos estados a onde serão beneficiados por esse grande projeto. Fica um alerta aos Cajazeirenses todos independente de raça, religião, ou de partidários desse ou daquele partido, a imprensa, escrita, falada, ou televisiva, de Cajazeiras, junto com a classe civil organizada órgãos de representação do comercio em fim todas as representações o povo em geral para esse projeto que vai mudar a economia do nosso sertão gerando milhares de empregos para esse povo forte e sofrido do nosso nordeste, o semiárido e o sertão se tornara uma grande potencia econômica no nosso Brasil melhorando a vida desse povo que vem sendo esquecido desde o império.

  2. Roberval Moreira

    Ouvi um debate em uma radio de Cajazeiras sobre a criação da zona franca do semiárido, o entrevistado foi o autor do projeto que cria a zona franca o Deputado sertanejo Wilson Filho, e fiquei muito satisfeito com o rumo desse projeto, ele falou que provavelmente ainda este mês de abril haverá uma audiência publica em Cajazeiras para debater esse projeto, que será a redenção dos sertanejos dos estados a onde serão beneficiados por esse grande projeto. Fica um alerta para a participação dessa audiência aos Cajazeirenses todos independente de raça, religião, ou de partidários desse ou daquele partido, a imprensa, escrita, falada, ou televisiva, de Cajazeiras, junto com a classe civil organizada órgãos de representação do comercio em fim todas as representações o povo em geral para esse projeto que vai mudar a economia do nosso sertão gerando milhares de empregos para esse povo forte e sofrido do nosso nordeste, o semiárido e o sertão se tornara uma grande potencia econômica no nosso Brasil melhorando a vida desse povo que vem sendo esquecido desde o império.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *