Zezinho Abelhinha: uma história de vida decente


zezinho abelhinha_382x569

José Gonçalves da Silva, carinhosamente chamado por todos de Zezinho Abelhinha, nascido no dia 02 de dezembro de 1945, no Sítio Pé-de-Serra, município de Cajazeiras, é um considerado um exemplo de vida, marcado pelo trabalho honesto e honrado.

Iniciou seus estudos em Cajazeiras, residindo na Rua Justino Bezerra, onde a maioria das casas foi construída pelo seu pai, o saudoso João Henrique. Aliás, foi por essa vocação de construir, usando o dom de engenheiro, sem nunca ter freqüentado nenhuma universidade, que seu genitor ganhou o apelido de “Abelha Mestre”. Assim, Zezinho e os demais filhos de Seu João Henrique e Dona Maria Canuto ficaram sendo chamados de Abelhinhas.

Zezinho Abelhinha alimentou, durante muito tempo, o sonho de ser médico. Tentou seus estudos em João Pessoa, mas as dificuldades da época, em relação aos meios de transporte e comunicação, que o impediram de manter laços sentimentais com a família, contribuíram para a sua desistência.

Ao voltar para Cajazeiras, decidiu enveredar pelos caminhos da contabilidade pública. Nessa área profissional, ocupou importantes funções públicas, tais como: assessor contábil da Cruzada ABC, contador, tesoureiro e secretário de Finanças da Prefeitura Municipal de Cajazeiras, e chefe da Divisão Administrativa e Financeira do Escritório Regional da CAGEPA, sediado em Cajazeiras.

Casado com a professora universitária Francisca Gomes (Francisquinha), Zezinho Abelhinha constituiu uma família de dois filhos: Marco Túlio e Marco Valério. O sonho de se formar em Medicina foi transferido para os filhos, que brilham no campo da Medicina. Faleceu em Cajazeiras, em 2009.

COM INFORMAÇÕES DO GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *