Cajazeiras-PB, 17/10/2017

Volumes de Boqueirão de Piranhas e Lagoa do Arroz continuam críticos

BOQUEIRAO-SET-2014

Os grandes reservatórios de Cajazeiras: Engenheiro Avidos (Boqueirão de Piranhas) e Lagoa do Arroz receberam pouca água com as recentes chuvas caídas na região. De acordo com os dados do dia 10 passado, data das últimas chuvas, os dois juntos receberam apenas 1.166.000 (um milhão e cento e sessenta e seis mil) metros cúbicos de água.

No final de fevereiro (28), o açude Engenheiro Avidos, que abastece Cajazeiras e Sousa, estava com 23 milhões, 566 mil metros cúbicos. No último dia 10 deste mês, ele estava com 24 milhões, 311 mil metros cúbicos, tendo recebido, portanto, 755 mil metros cúbicos, o equivalente ao consumo de alguns dias da cidade de Cajazeiras. Atualmente, o reservatório está com apenas 9,5% de sua capacidade, que é de 255 milhões de metros cúbicos.

Já o açude Lagoa do Arroz estava, no final de fevereiro, com 7.809.000 (sete milhões e oitocentos e nove mil) metros cúbicos, passando para 8.220.000 (oito milhões, duzentos e vinte mil), em dez dias. Ele recebeu, nesse período, 411 mil metros cúbicos de água nova. No momento, o manancial está com apenas 10,2% de sua capacidade de reserva, que é superior a 80 milhões de metros cúbicos.

Desse açude Lagoa do Arroz, está sendo construída uma nova adutora para o abastecimento da zona norte de Cajazeiras, cujo consumo é muito alto, e vem sofrendo constantes interrupções, o que tem prejudicado seriamente a população dessa área da cidade.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *