Vereador Jucinério Félix critica determinação do MP que limitou horário para carnaval de rua


12509672_949514675136156_4005213393500236774_n

Em uma postagem no Facebook, o vereador Jucinério Félix lamentou a decisão do Ministério Público e da Polícia Militar em determinar o encerramento do carnaval de rua em Cajazeiras, às 22 horas, tirando o direito do povo brincar e de ir e vir.

O Ministério Público tomou a decisão alegando que a população que não brinca carnaval precisa de silêncio para dormir e descansar, conforme assegura a lei, sem perturbação do sossego, além da manutenção da ordem pública, após esse horário. A determinação vale para a Praça do Rock/Frevo; Praça do Blocos e desfile dos blocos Imprensados, Cafuçú, Virgens, entre outros.

Já o comando do 6º BPM também alegou dificuldades para garantir a segurança dos foliões, com vários eventos simultâneos na cidade. Para ele, a festa pública fica prejudicada enquanto, a privada beneficiada, já que poderá perdurar toda a madrugada. O parlamentar também criticou a decisão dos empresários que vão promover o carnaval de Cajazeiras, na Agrovila e que vão dividir o espaço em três classes sociais.

A postagem do vereador foi a seguinte: “Aos pouco nosso carnaval publico e gratuito está se acabando em Cajazeiras!!!
É publico e notório que, com a modernização e logística dos grandes eventos de diversão em todo o pais, a forma mais rentável e prática é a privatização desse tipo de festa.
Quero deixar bem claro que não sou contra essa forma de realização. O que me incomoda e me deixa preocupado é, separação de classes sociais pela imposição financeira que assim o faz.
Preocupo-me também com a imposição que se é feita sobre a iniciativa popular dos blocos, que hoje estão restringidos alternativos de nossa cidade.
Tradicionais blocos que são realizados de forma gratuita e popular como o Bloco das Virgens, Bloco dos Cafuçus, Bloco dos Imprensados, entre outros, estão hoje suprimidos do direito a diversão por limite de horário, percurso e volume de som, pelo Ministério Público, Policia Militar e Prefeitura Municipal de Cajazeiras.
Enquanto blocos tradicionais e gratuitos estão sendo restritos os eventos privados que na avenida terão até área vip e prime, sem limites de horário, restrição e concessão de horário e utilização de espaço publico, os eventos populares e público não podem passar das 22h; tem as ruas já determinadas para passarem, e em lugar nenhum poderá ter festa após esse horário, a não ser que seja na Agrovila.
Fico triste pela população, pelos jovens e principalmente pelos pobres de nossa cidade que se não tiverem dinheiro para ir para Agrovila, as 22h, terão que parar com sua folia.
que democracia é essa?
e nosso direito de ir e vir?
o som só atrapalha na praça dos blocos, area comercial, e na agrovila que tem casa de familia. O som não incomoda não?
o que acontece em cajazeiras???”

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *