Cajazeiras-PB, 20/10/2017

Restos mortais do Padre Levi serão transladados de Patos para a Fazenda Santa Rosa

capela-padre-levi_766x600

A família do padre Levi e a coordenação da Capela do Divino Espírito Santo estão convidando a população da região, para participar do translado dos restos mortais do Padre Levi Rodrigues de Oliveira, que ocorrerá no próximo dia 26, domingo.

O cortejo sairá do Cemitério Santo Antonio, na cidade de Patos, às 5 horas da manhã, para a Fazenda Santa Rosa, que fica nas margens da PB 400, Km 16, entre Cajazeiras e São José de Piranhas, onde o religioso viveu até os últimos dias de vida.

Depois do acolhimento dos restos mortais em uma gaveta, no piso da Capela do Divino Espírito Santo, construída na localidade por iniciativa do sacerdote haverá celebração de uma Missa por ocasião do 3º ano de falecimento do religioso, às 10 horas da manhã, do domingo.

Levi Rodrigues de Oliveira nasceu na Fazenda Santa Tereza, no município de Patos, no dia 07 de dezembro de 1926. Filho de Alexandrino Rodrigues de Oliveira e Mariana Alves de Oliveira. Do casamento de seus pais nasceram 21 filhos. O casal ainda adotou 10 filhos.

Padre Levi estudou no Colégio Diocesano de Patos no tempo em que Pe. Vieira era diretor do estabelecimento de ensino; estudou ainda no Seminário Arquidiocesano da Paraíba e na cidade de Roma.

A Ordenação Presbiteral aconteceu no dia 17 de dezembro de 1955 e a diaconal um ano antes. Assumiu os seguintes cargos e paróquias na Diocese de Cajazeiras e na Diocese de Patos: Vigário da Paróquia de Pombal; Vigário da Paróquia de Malta; Vigário da Paróquia de Coremas; Vigário da Paróquia de Boqueirão dos Cochos; Vigário da Paróquia de Jericó; Vigário da Paróquia de Bom Sucesso; Vigário da Paróquia de Santo Antonio (Patos); Vigário da Paróquia de Nossa Senhora da Guia (Patos); Vigário da Paróquia de São Sebastião (Patos); Vigário Cooperador em São José de Espinharas; Prefeito de São José do Bonfim; e Deputado Estadual.

O padre Levi faleceu no dia 26 de abril de 2012, na UTI do Hospital Regional de Cajazeiras, após complicações no seu estado de saúde. Padre Levi apresentou durante muitos anos um programa de larga audiência, na Rádio Alto Piranhas, onde recebia muitas cartas de fiéis pedindo sua intercessão para cura de doenças, além do grande número de pessoas que o procuravam pessoalmente, movidos pela fé e pelas palavras do religioso.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *