Cajazeiras-PB, 18/10/2017

RC desafia e Zé Aldemir aceita ‘confronto de contas’ entre Executivo e Legislativo

ZE BAIXA

O deputado José Aldemir (PEN), primeiro secretário da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), resolveu topar o desafio proposto pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), de tornar público as contas do Poder Legislativo paraibano. Segundo o parlamentar, a gestão do presidente Ricardo Marcelo (PEN) é transparente e não tem nada a esconder perante a opinião pública, “ao contrário de outros poderes”.

José Aldemir disse que vai propor que Ricardo Marcelo aceite o desafio e afirmou que o governador Ricardo Coutinho é quem deve se explicar sobre irregularidades indicadas em sua gestão. Ele citou como exemplo os recursos destinados à Cruz Vermelha Brasileira para gerir o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena,em João Pessoa.
“A Paraíba precisa saber como o Hospital de Trauma de Campina Grande realiza 20% a mais no número de atendimentos do que o de João Pessoa, consegue funcionar recebendo bem menos do que o Governo do Estado destina em recursos para a Cruz Vermelha”, questionou.

Sobre as declarações de Tião Gomes – Já sobre as polêmicas declarações do líder do Governo, Hervázio Bezerra e do deputado Tião Gomes, José Aldemir foi direto e solicitou que os colegas de parlamento “deixem de desespero e convença o governador a ir ao debate das contas de 2011”.

O deputado ainda afirmou que a Assembleia Legislativa cumpre a sua obrigação, enquanto órgão fiscalizador e não vai se submeter à pressão governista. “Essa Casa tem a obrigação e o dever de discutir tudo que é de interesse da sociedade, então não podemos declinar do debate. Na audiência eles [os deputados governistas] terão a oportunidade de esclarecer cada ponto citado pelos auditores do TCE. Quem não tem culpa, não tem o que temer”, ponderou Aldemir.

Entenda – Na manhã desta quinta-feira (3), o governador Ricardo Coutinho propôs que todas as suas contas sejam analisadas juntamente com as contas da Mesa Diretora da ALPB, no mesmo período. A avaliação do exercício financeiro do Governo do Estado, referente a 2011, é hoje a principal estopim da “guerra” travada entre os Poderes Executivo e Legislativo da Paraíba.

A polêmica matéria está em tramitação na Comissão de Acompanhamento e Controle da Execução Orçamentária da ALPB. O relator é o deputado Frei Anastácio (PT). Na última reunião do grupo, os membros aprovaram a realização de audiência pública para discutir as contas do Governo do Estado. O governador Ricardo Coutinho e os conselheiros do tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) foram convidados para participar da sessão.

WSCOM

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *