Cajazeiras-PB, 11/12/2017
HOME » ESPORTES » “Quem come quentinha não tem como enfrentar Botafogo e Treze…”, desabafa jogador do Atlético de Cajazeiras

“Quem come quentinha não tem como enfrentar Botafogo e Treze…”, desabafa jogador do Atlético de Cajazeiras

dorin

A equipe do Atlético de Cajazeiras (Trovão Azul do Sertão) deixou escapar na noite desta quarta feira (01) a sua segunda vitória no Campeonato Paraibano de Futebol 2015, e só empatou com o Lucena em jogo válido pela 10ª rodada da competição.

O resultado do jogo deixa ambas as equipes em difícil situação na tabela, uma vez que o Lucena continua em oitavo com 10 pontos, e o Atlético por sua vez, amargando a vice- lanterna com 09 pontos ganhos em nove jogos. Os gols da partida foram marcados por Alisson (contra) e Elton para o Lucena, França e Marquelino para o Trovão.

Mas o que mais chamou a atenção na noite não foi o futebol apresentado pelos times em campo, e sim, uma declaração do jogador Dorin da equipe do Atlético. Tendo de ser substituído em virtude de uma indisposição, o zagueiro atleticano recebeu atendimento médico ainda em campo, e ficou em observação na ambulância até se recuperar.

Medicado, Dorin se dirigia ao banco de reservas ainda demonstrando fraqueza quando foi interpelado pela imprensa sobre o que havia acontecido. Em tom de desabafo, o atleta disse que se sentiu fraco e não conseguiu se manter de pé, lembrando que há alguns dias isso vem acontecendo. Ele surpreendeu a todos ao declarar que a alimentação que vem sendo oferecida aos jogadores não tem qualidade, justificando a sua indisposição em campo. “Quem come quentinha não tem como encarar times como Botafogo e Treze”, desabafou Dorin, ainda com a voz falha.

As palavras do jogador chamam a atenção da diretoria do Atlético, que deverá se pronunciar sobre o assunto, uma vez que vem exigindo do time resultados positivos na competição.

BLOG DO FURÃO

SOBRE Blog do Furão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *