Cajazeiras-PB, 17/12/2017
HOME » SAÚDE & BEM-ESTAR » Proteção à criança e ao adolescente é tema de encontro

Proteção à criança e ao adolescente é tema de encontro

Na manhã desta terça-feira, 28, representantes de órgãos ligados à infância e juventude se reuniram no 1º Encontro com a Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente, que aconteceu no auditório da 9ª Gerência Regional de Educação, em Cajazeiras. A ideia da atividade surgiu de uma parceria entre o Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB-UFCG), Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e a 9ª Gerência Regional de Saúde.

Estiveram presentes também a delegada da seccional da Polícia Civil da Paraíba em Cajazeiras, Patrícia Forny, a titular da Delegacia da Mulher, Cristiana Roberta, a diretora do HRC, Edjane Leite, profissionais de saúde de Cajazeiras e região, representantes da Vara da Infância e da Juventude e conselheiros tutelares dos 15 municípios para os quais o Hospital Universitário Júlio Bandeira é referência.

De acordo com uma das idealizadoras do Encontro, a assistente social do HUJB Paula Frassinetti, “a ideia foi tentar aproximar todos os componentes da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente, para que possam entender como funcionam os processos utilizados nos mais variados tipos de atendimento”, explicou.

Paula acrescentou ainda que a presença de todos os componentes da Rede nas discussões serviu para ampliar ainda mais a visão e buscar unidade entre os setores, a fim de que a população seja beneficiada com atendimento de qualidade nos variados órgãos que integram a rede. “Todos os participantes desse encontro atendem a esse público e conhecem bem os desafios encontrados, pois as dificuldades são as mesmas. A finalidade é nos aproximarmos ainda mais para troca de experiências”, resumiu.

Os temas do encontro foram Apresentação dos Serviços de Saúde (HUJB, HRC, UPA), Abordagem sobre Violência, A responsabilidade da Rede no Atendimento às Vítimas de Violência, e a Equipe Multidisciplinar da Comarca de Cajazeiras e Desafios para a Adoção Legal. Ser sensível a essa causa é de extrema importância usando a educação permanente como estratégia de otimização dos trabalhos. É um privilégio participar e que daqui saiam atores que possam multiplicar as informações”, declarou Edjane Leite.

A titular da Delegacia Especializada da Mulher em Cajazeiras (Deam), Cristiana Roberta, abordou temas como “Enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes” e “Violência contra a mulher”. Na explanação, ela citou casos de falhas no sistema de proteção a esse público e chamou a atenção para o combate a todas as formas de violência. “Nós dividimos os mesmos fardos, compartilhamos as mesmas dificuldades, mas a estrutura não pode nos impedir de fazer”, enfatizou.

Uma equipe da 2ª Vara da Infância e da Juventude de Cajazeiras ministrou sobre Adoção Legal. A psicóloga do órgão, Tatiana Alves, explicou a legislação que trata do assunto e deu exemplos práticos de como se dá o processo de adoção. Ela revelou ainda que, embora a lei seja bem clara, ainda existem muitos “doadores” que repassam irregularmente seus filhos para outras famílias.

Sobre a Ebserh

Desde dezembro de 2015, o HUJB integra a rede de hospitais da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao Ministério da Educação, que administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas. O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

SOBRE ASSESSORIA

ASSESSORIA

ESTE MATERIAL É PRODUZIDO E EDITADO PELAS RESPECTIVAS ASSESSORIAS DE COMUNICAÇÃO DAS EMPRESAS, ÓRGÃOS PÚBLICOS OU GABINETES POLÍTICOS, SENDO DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *