Prefeitura de Cajazeiras parcela débito do Ipam em 240 meses

AM3 – 250×250

divida2

A Câmara Municipal aprovou o pedido de autorização feito pela prefeita Denise Albuquerque para parcelar o débito do Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam), desde o governo Zerinho, passando por Epitácio Leite, Carlos Antonio, Léo Abreu e Carlos Rafael.

Com o aval do Poder Legislativo, a Prefeitura de Cajazeiras fez o parcelamento e o reparcelamento de débitos do município para com o Ipam, um total, em valores originais de R$ 21,8 milhões.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

A dívida, referente a contribuições previdenciárias (patronal) e também da parcela das últimas administrações, que deverá ser paga, de acordo do a Lei Autorizativa, em 240 prestações mensais, devidamente corrigida em 1% ao mês, com dispensa de multa.

O município aderiu ao parcelamento com base em resolução do Ministério d Previdência Social, que permitia essa negociação em 240 meses. Essa dívida vinha sendo uma das principais preocupações da prefeita Denise Albuquerque, não apenas por causa do montante ser muito alto e a administração ter dificuldades para pagar, mas também pela questão da Certidão Negativa de Débito, já que, devendo ao Ipam, a prefeitura fica impossibilitada de conseguir recursos importantes para investimento no município, junto ao Governo Federal.

COM INFORMAÇÕES DO GAZETA DO ALTO PIRANHAS
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.