Polícia prende acusado de matar mulher a facadas


borrao

Graças ao empenho da Polícia Civil e da PM através do Serviço de Inteligência P2, o homicídio de uma mulher que teve seu corpo encontrado na manhã de sábado (26), num terreno por trás do antigo Colégio Diocesano Padre Rolim em Cajazeiras foi desvendado.

Após ouvir algumas pessoas, a polícia conseguiu localizar a arma do crime e a roupa utilizada no momento do assassinato. Após isso, ainda foram detidos um menor e outros dois maiores para se chegar ao acusado do barbado crime, que trata-se de Ronildo mais conhecido pelo apelido de Borrão. Ele já tinha algumas passagens pela polícia, inclusive pela prática de assalto. No momento da prisão o acusado resistiu ao ponto de tentar agredir os policiais.

Segundo a delegada Dra. Amim, a mulher Maria José Alves Tenório, 27 anos, foi morta de forma cruel, e isso motivou mais ainda no empenho da polícia a chegar ao acusado. Além de ter sido esfaqueada no pescoço, a vítima ainda teve uma vela queimada na sua barriga.

Quanto ao motivo do crime, a delegada afirmou que foi questões banais devido ao consumo de drogas.

PORTAL CZN

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *