Pedindo esmolas e praticando pequenos furtos, ‘caretas’ mantêm tradição na Semana Santa

AM3 – 250×250

caretas2015

Todo ano é a mesma coisa: dezenas de jovens dos mais variados bairros de Cajazeiras, perambulam pelas ruas centrais, vestindo pesados trajes confeccionados com folhas de bananeira, ocultando os rostos com máscaras “Made in China” – na atualidade – e fazendo estalar arremedos de relhos pelo ar.

Pedem esmolam, aterrorizam as crianças sugestionáveis e cometem pequenos furtos nas lojas e nos feirantes mais desavisados. Mantêm uma tradição de décadas no período da Semana Santa em Cajazeiras.

Há que diga que os caretas buscam expiar e tentar confraternizar Judas com Jesus, numa adaptação toda particular do Livro Sagrado pelos nordestinos. Vai saber…

Com o advento das redes sociais, se deixam fotografar e publicar, na maioria dos casos, em troca de algum dinheiro ou do famoso “jejum” – os víveres obtidos nas portas das residências e que servirão para se fartarem com os seus familiares nos dias seguintes.

FOTO DO FACEBOOK DE JOÃO EUDES FORMIGA CARTAXO
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.