Cajazeiras-PB, 20/10/2017

Paraíba produz 600 toneladas de mel por ano

MEL22MEL22

A Paraíba produz cerca de 600 toneladas de mel por ano e gera cerca de R$ 4 milhões, segundo a Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa) e o Banco do Nordeste. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (17), durante o 8º Seminário de Apicultura e Meliponicultura, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPB) de Sousa.

De acordo com o gestor do projeto de Agricultura Irrigada do Sebrae em Sousa, Fabrício Vitorino, as maiores produções do produto estão na região do Sertão, onde o evento promove a capacitação dos apicultores.
A região de Catolé do Rocha, que abrange a cidade e mais dois municípios, é a que mais produz mel na Paraíba. Em seguida vêm as produções de Sousa, Cajazeiras, Curimataú, Cariri e Litoral, respectivamente.
A produção de mel de abelha no estado conta o apoio de novas tecnologias social e de agroecologia, o que reduz o impacto da seca na produção.
“Trabalhamos neste projeto do Sertão com nove associações e uma cooperativa, que já vende para os estados do Piauí, Rio Grande do Norte e Pernambuco. A luta contra a baixa produtividade tem o apoio das capacitações que destinamos aos grupos. Novas tecnologias estão se espalhando pelo Estado, como cultivar o mel com a agroecologia, ou seja, o plantio para a produção de pólen sem agrotóxico e a preservação do solo e da água”, esclareceu.
JORNAL DA PARAÍBA

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *