Cajazeiras-PB, 19/10/2017

Paraíba conquista 45 medalhas nas Paralimpíadas Escolares

paralimpiada

A Paraíba encerrou sua participação nas Paralimpíadas Escolares 2013, neste sábado (30), em São Paulo, com 45 medalhas, a maior conquista de toda a história na competição. Foram 20 de ouro, 14 de prata e 11 de bronze. Na pontuação geral, o Estado ficou na 10ª posição entre 25 estados, mais o Distrito Federal. As últimas conquistas vieram na bocha, com Itamara Galdino (prata) e Genilson Alves de Carvalho (bronze); e no atletismo, com Bruna Alves Dias (ouro), Maria Eduarda (prata), Jane da Silva Soares e Elizabeth Marques Cardozo (bronze).

Os 79 integrantes da delegação paraibana retornam ao Estado neste domingo. Na próxima terça-feira (3) serão recebidos pelo governador Ricardo Coutinho, na Fundação de Apoio ao Deficiente (Funad), em evento programado para as 15h. O recorde no número de medalhas foi muito comemorado pelo secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel-PB), Tibério Limeira, que esteve em São Paulo acompanhando as competições dos paraibanos.

“O Governo do Estado tem dado prioridade ao desporto, seja paradesportivo ou não. Essa grande conquista nas Paralimpíadas Escolares representa que estamos no caminho certo. Superamos os últimos três anos no quadro de medalha e agora é preparar nossos atletas para 2014”, disse Tibério Limeira.

As Paralimpíadas Escolares 2013 consagraram alguns paraibanos que estiveram presentes em São Paulo. Joeferson Marinho se sagrou tricampeão no atletismo e já coleciona seis medalhas paralimpícas escolar nas provas de 100 e 300 metros. Itamara Galdino, da bocha, ganhou sua segunda medalha paralímpica escolar. No ano passado ela foi vice-campeã na categoria BC3. Bruna Dias ganhou duas medalhas de ouro; Genilson Alves, também da bocha, estreou na competição com lugar garantido no pódio. Trouxe a medalha de bronze para a Paraíba. Maria Eduarda, de apenas 13 anos, conquistou três medalhas.

No quadro de medalhas, a Paraíba ficou na 11ª colocação. O campeão foi o Estado de São Paulo, que conquistou 170 medalhas, das quais, 95 de ouro. Com as 45 medalhas conquistadas, a Paraíba foi a primeira do Nordeste, além de superar o Rio Grande do Sul, Amazonas, Acre, Roraima, Mato Grosso, Amapá, Tocantins e Roraima.

O chefe da delegação paraibana, Jean Klaud de Azevedo, disse que já esperava a superação da Paraíba em relação ao número de medalhas. “Antes de viajarmos para São Paulo, sabíamos do potencial dos nossos atletas. Levamos uma delegação de 79 pessoas, das quais, 45 atletas. Tivemos quatro atletas impedidos de competir, no entanto, o número de medalha é igual ao número de atletas inscritos”, concluiu.

CLICKPB

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *