Cajazeiras-PB, 21/10/2017

Oziel Vasques: o homem do rádio à válvula

Oziel_Vasques_01_800x600

Ele é do tempo do rádio à válvula, mas se mantém na profissão com o mesmo entusiasmo e a competência de sempre. Assim é Oziel Vasques Gomes, 77 anos, natural de Cajazeiras, e proprietário da Oficina São José, na Rua Higino Rolim, no centro da cidade.

De origem humilde, Oziel teve a preocupação de se dedicar, logo cedo, a uma profissão. Aos 20 anos de idade, começou a trabalhar, inicialmente, com transformadores. Depois, consertando aparelhos de rádio. A oficina era em sua própria residência.

Em 1953, ele conseguiu alugar um prédio na Rua Tenente Sabino, hoje, Calçadão da Tenente Sabino, onde desenvolveu suas atividades técnicas, durante 44 anos. Depois desse tempo todo, os proprietários pediram o imóvel, e ele voltou a instalar a oficina em sua própria residência, na Rua Higino Rolim.

“Aqui é o meu ganha-pão”, diz Oziel Vasques, alegre e satisfeito com o que faz. Segundo ele, serviço não falta.

Perguntado pelo Gazeta, se o movimento continuava o mesmo de vários anos atrás, Oziel disse que diminuiu um pouco, principalmente depois dessa onda de modernidade, que trouxe várias facilidades para a população adquirir aparelhos novos. Mas, fez questão de mostrar as prateleiras de sua oficina cheias de aparelhos de rádio, som e TV para conserto.

Nesses 57 anos, disse que já trabalhou para muita gente em Cajazeiras, sempre deixando sua clientela satisfeita com os serviços que presta. O saudoso comerciante Francisco Arcanjo de Albuquerque, entre outros empresários, profissionais liberais e trabalhadores em geral, sempre procuraram os serviços de Oziel Vasques.

Para Oziel, o trabalho honesto é muito importante para a formação da cidadania. “O meu objetivo será sempre esse, de atender os amigos e prestar um serviço de qualidade”, concluiu.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS - ED. 361 (11 a 17/11/2005)

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *