O Congresso Eucarístico Diocesano de Cajazeiras


Entre os dias 11 e 15 de junho de 1939 no século passado, foi realizado o maior movimento religioso já visto na cidade de Cajazeiras: o Congresso Eucarístico Diocesano. O evento catalisou as atenções do mundo religioso brasileiro para a então pequena cidade do Nordeste que tinha como prefeito Celso Matos.

Motivado pelo alto astral reinante, o cajazeirense Silvino Bandeira de Melo encomendou ao escultor baiano Pedro Ferreira o Monumento do Cristo Redentor para ser colocado no ponto mais alto da cidade e inaugurado em 15 de junho de 1939.

Uma das principais praças da cidade foi rebatizada com o nome de Praça do Congresso, por ter sido lá realizado a maior parte da programação deste Congresso Eucarístico. Décadas depois, sob grandes protestos, o prefeito Otacílio Jurema ocuparia parte da praça para construir uma nova sede para a prefeitura municipal.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *