Cajazeiras-PB, 20/10/2017

O cachoeirense Espedito Moreira

espedito-moreira-queiroga_519x600

Agropecuarista, ex-vereador e ex-candidato a vice-prefeito no município de Cachoeira dos Índios, Espedito Moreira de Queiroga deixou um exemplo de amor por sua terra natal, Cachoeira dos Índios. Sempre lutou pelo crescimento do município. O seu sepultamento foi feito em Cajazeiras, atendendo a um pedido da esposa, que manifestou o desejo de ficar mais perto do companheiro.

Em Cajazeiras, Espedito Moreira de Queiroga residia há muitos anos, e era comerciante estabelecido no ramo de colchões. Sempre cultivou uma vida decente, fundamentada na honestidade e seriedade. Participou ativamente das lutas do Rotary Club em defesa do desenvolvimento social do município e da região.

Em 1972, ingressou no Rotary Club de Cajazeiras, na categoria de sócio-representativo, tendo como padrinho o rotariano Francisco Eudes Cartaxo. Na época, ingressaram com ele, o professor José Antonio de Albuquerque e o ex-prefeito Antonio Quirino de Moura. Foi presidente no período 76/77.

A defesa constante das boas causas e da moralidade pública fazia parte do seu dia-a-dia. Gostava, sempre, de ocupar os espaços da Rádio Alto Piranhas, para manifestar opiniões sobre os fatos políticos e administrativos que envolviam, principalmente, os municípios de Cajazeiras e Cachoeira dos Índios. Sua voz era respeitada por todos.

Segundo depoimento do professor e historiador José Antonio de Albuquerque, Espedito Moreira foi um exemplo de homem sério e dedicado às atividades que desenvolvia. “Era um rotariano por vocação e um cajazeirado por amor”, resumiu.

Era casado com a professora Nonata Claudino e pai de seis filhos: Normando (Eng. de Minas/Minaçú-Goiás); Norma (Eng. Civil e missionária do Movimento Focolares-SP); Evandro (Eng. Civil/J. Pessoa); Evânia (médica/UFCG-Campina Grande); Eduardo (Adm. de Empresa/J.Pessoa), e Ednalda (odontóloga/RJ).

Ele faleceu por volta das quatro horas da manhã da última quarta-feira, 08, no Hospital da UNIMED, em João Pessoa, depois de um quadro pós-operatório muito complicado. O sepultamento foi ontem, no Cemitério Nossa Senhora Aparecida, com grande acompanhamento.

Homenagens – A sociedade cajazeirense prestou, ontem, as últimas homenagens a Espedito Moreira de Queiroga. Depois de ser velado na residência do saudoso Joca Claudino, o corpo foi levado para a Catedral de Nossa Senhora da Piedade, onde foi celebrada missa com a participação de cinco padres: Humberto Mangueira, Renato Moreira, Antonio Luiz do Nascimento e Francivaldo Nascimento Albuquerque, além do diácono Erasmo.

O Rotary Club de Cajazeiras esteve presente em todos os momentos, prestando total solidariedade à família do rotariano falecido. Representando o citado clube de serviço, o professor José Antonio de Albuquerque usou da palavra, destacando as qualidades de Espedito e seus relevantes serviços prestados à causa rotária. Para José Antonio, Cajazeiras e a região perderam um grande homem de posições firmes e fortes.

A missa de corpo presente, na Catedral de Nossa Senhora da Piedade, reuniu muitos familiares e amigos, destacando a presença do empresário João Claudino Fernandes e do ex-deputado federal Zuca Moreira. Foi, também, transmitida ao vivo pelas emissoras Rádio Alto Piranhas e Difusora Rádio Cajazeiras.

Por volta das 11 horas e 30 minutos, e sob os aplausos dos presentes, o corpo foi sepultado no Cemitério de Nossa Senhora Aparecida.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS - ED. 339 (10 a 16/06/2005)

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *