Cajazeiras-PB, 16/12/2017
HOME » COLABORADORES » Napoleão Batista de Araújo – Seu Bita

Napoleão Batista de Araújo – Seu Bita

Meu Deus, infelizmente de uma três semanas para cá, somente tenho escrito sobre personalidades amigas que vão nos deixando, Agora foi a vez de outro personagem me foi muito marcante ao longo de minha vida, Napoleão batista de Araújo, que todo mundo conhecia como Seu Bita, Primeiro eu o conheci como ö pai de Vinícius” que era meu colega dos tempos do Colégio estadual, depois como o pai de Eridan, uma das grandes amigas de minha mãe, que ficavam a fumar seus cigarros no jardim de minha casa, enquanto conversavam as conversas de mulheres.

Posteriormente eu tive um maior contato com Seu Bita, que era corretor de algodão de da Usina do Major Galdino, e às tardes que eram, acho, que menos quentes que as de hoje, ficávamos a bater papo.

Uma das coisas que eu mais me lembro, era de quando Seu Bita, que era veterano da FEB, contava como tinha sido a primeira tentativa de se tomar o Monte Castelo, ele falava, lembro-me como agora, que ele foi recrutado em São José de Piranhas, e fez os treinamentos, atravessaram o Atlântico, chegaram na Itália, e mandaram os nossos pracinhas, ele incluso, tomar esse monte aos alemães; como ele dizia: a gente tendo uma vista privilegiada do morro do Cristo Rei, e ele comparava, era como aquilo, e apontava para o Cristo, naquele tempo, sem as antenas que o enfeiam: “agora um pouco mais alto, e cheio de vegetação”; e continuava, a gente foi para atacar esse monte, como se fossemos para um piquenique. Os nazistas deixaram a os brasileiros subirem até certo ponto, aí, como que abriram as folhagem, e acionaram as metralhadoras: era gente sendo baleada, morrendo, caindo, um verdadeiro massacre. E o Sr? Eu estava carregando um detector de minas, e quando começou, veio um monte de gente rolando morro abaixo me derrubaram e eu somente soube duas coisas: estava em baixo, e o mais importante; vivo.

Era um impressionante relato de quem realmente participou da Segunda Guerra Mundial, agora, diferente de outro veterano, Vicente do INPS, ele não tinha qualquer sintoma da neurose de guerra. Ela ainda contava que também participou da segunda tentativa, essa bem sucedida de tomar o Monte Castelo, e ele contou que depois da primeira vez, realmente as tropas foram treinadas, e levaram a sério a invasão e o inimigo que os esperava; a nossa História contada na maior placidez de nosso interior paraibano, com uma exatidão de detalhes, impressionante. Ele tinha uma memória fabulosa, que infelizmente não é o meu caso.

Outra passagem que posso relatar, era de que deu Bita interrompia nossas serenatas. Ele, tinha além de Eridan, que por ser um pouco mais velha, não era nossa contemporânea, outras duas filhas, Maria Helena e Mariza, agora quando a gente chamava Alexandre Costa para participar dessas serenatas, nada acontecia, depois descobrimos que era porque seu Bita “fazia gosto” no namoro de Alex com Maria Helena, que depois viria a ser sua esposa, sua irmã casou com meu colega também engenheiro, Henrique Trindade; todos eles, inclusive seu irmão filho mais novo, Aguinaldo, foram sempre uns mais outros menos, gente chegada a nós.

Depois costumava a ver Seu Bita na rua Padre José Tomaz na venda de seu Chico Tomáz, sempre da mesma forma, não mudava, alegre, espirituoso, e a mesma memória prodigiosa.

Que mesmo de seu padecimento não o abandonou, quando se deu conta de que seus dias estavam para se esgotar, ele fez questão de reunir a família, como que para se despedir.

Poderia falar da política de São José de Piranhas, mas não sou a pessoa mais qualificada para discursar sobre isso, deixo para os experts, sei que Seu Bita foi prefeito daquela cidade, mas não vou me alongar.

Assim, mais um grande personagem de nossa história se vai fica o apreço que tenho plo que se foi, e meus sentimentos pela perda para uma família de amigos.

SOBRE PEPÉ PIRES FERREIRA

PEPÉ PIRES FERREIRA

Engenheiro mecânico e advogado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *