Médico destrata acompanhante de paciente, desrespeita diretora do HRC e caso vai parar na delegacia


Brasileiro-maura

Um fato lamentável e de insubordinação foi registrado no final da tarde desta terça feira (05) na maternidade Deodato Cartaxo de Cajazeiras.

Segundo informações de testemunhas, o obstetra plantonista Dr. José Lopes Brasileiro (Dr. Brasileiro), destratou um acompanhante de uma paciente gestante e faltou com respeito à diretora do HRC (Hospital Regional de Cajazeiras) Dra. Maura Vanessa Sobreira, da qual é subordinado.

O fato teria ocorrido quando a diretora tomou conhecimento do acontecido através da assistente social Mirtes, e após ouvir a paciente e o acompanhante se dirigiu até a sala de repouso onde o médico se encontrava, sendo recebida de forma ríspida e deselegante pelo profissional.

Exigindo respeito por ser diretora da casa de saúde, Dra. Maura ouviu do médico “em tom de ameaça” que a sua sorte era ser mulher, pois do contrário resolveria de forma fácil e rápida, como relata no boletim de ocorrência abaixo.

Segundo a diretora o médico precisou ser contido por algumas pessoas presentes no local pela forma destemperada como se comportava. Passada a confusão, Dra. Maura se deslocou até a delegacia acompanhada de testemunhas onde prestou queixa por “ameaça”.

Ainda segundo a diretora, Dr. Brasileiro também teria ido a delegacia abrir um B.O em desfavor da mesma, mas o delegado plantonista Dr. Marcos Damasceno não teria aceitado as alegações do médico que já é remanescente de outros casos do tipo no hospital. Ele também responde a um processo disciplinar, e duas demandas encaminhadas ao CRM. Só nesta gestão são oito registros na ouvidoria.

FOLHA DO SERTÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *