Cajazeiras-PB, 20/10/2017

Juazeiro e Crato motivam ciclismo nas vias públicas

CICLOVIA-JUAZEIRO_800x600

Percorrer as ruas de cidades do Cariri de bicicleta poderá ficar mais fácil e com menos riscos, a depender da perspectiva de implantação de ciclovias em novos projetos que estão sendo propostos, mas poucos realmente executados. Em Juazeiro do Norte, num pequeno trecho que compreende uma via duplicada de acesso ao Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, na Avenida Virgílio Távora, começa a ser dado um pontapé inicial de um processo. Mas em termos de lei específica sobre o tema, a cidade do Crato sai na frente.

Ano passado, foi elaborado projeto de lei nº 2.844/2013, de autoria do vereador Tiago Esmeraldo, sobre a criação do Sistema Cicloviário no Município. A esperança é que a legislação comece a ser vivenciada na prática. Ruas estão passando por avaliações, conforme a Secretaria da Cidade, no intuito de adequar alguns espaços.

Uma das ideias que vem sendo incentivadas, até mesmo nas redes sociais, é pela implantação de uma ciclovia, no canteiro central, da CE 292, de acesso as cidades de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha.

Passeio

Neste domingo está sendo realizado em Juazeiro, o III Passeio Ciclístico Unimed Cariri, às 8 horas, percorrendo parte da Avenida Padre Cícero, com largada do Cariri Garden Shopping. O evento estará reunindo mais de 800 participantes, incluindo crianças, jovens, idosos e adultos. E eventos desse tipo são cada vez mais comuns e com grande participação na região do Cariri. A cada ano, tem sido maior o público, iniciando em 2011 com 400 inscritos; no ano seguinte, com quase 700.

Um dos incentivadores que vem lutando por esse processo de adequação dos espaços às ciclovias e também a imple-mentação das ciclofaixas é o presidente do Grupo Eco Biker’s, Ernesto Rocha. Para ele, existe avanços, mas há muito o que se fazer, e defende primeiro que as cidades da região e do Estado sigam o exemplo do Crato, no sentido de criar uma lei específica, destacando todos os aspetos técnicos para que haja implantação desses espaços destinados aos ciclistas.

Segundo ele, o Crato se torna pioneiro no Estado e já vem sendo elaborado um Projeto de Mobilidade Urbana Sustentável para a cidade. Ele disse que a ideia das ciclovias passou a ganhar corpo desde 2010, quando começou a ser praticada em Crato a campanha do Dia Mundial Sem Carro, que acontece no dia 22 de setembro. Este ano, chegou a mobilizar mais de 200 ciclistas e o mais importante, conforme Ernesto, é que há uma cons-cientização quanto ao uso de equipamentos de segurança.

Ele disse que a lei é importante, mas destaca a necessidade de uma vasta campanha educativa, já que não será apenas o praticante de ciclismo que vai estar nesses espaços delimitados, mas o usuário comum. E não apenas isso, mas o próprio pedestre ou mesmo o condutor de veículo, que deverá respeitar esses espaços destinados às bicicletas.

Em Juazeiro do Norte, também será implementada uma ciclovia no Anel Viário ou Avenida do Contorno, obra de mobilidade urbana que se encontra paralisada. A via está na sua primeira etapa e será destinada a desafogar o trânsito, principalmente nos períodos de romaria, em Juazeiro do Norte. Segundo o secretário de Infraestrutura local, Akiro Meneses, o pensamento, com os novos projetos, tem sido destinar a inserção das ciclovias, como forma de promover a melhoria da mobilidade urbana não apenas para os veículos, mas aos ciclistas e também aos pedestres, com calçadas destinadas ao público que anda a pé.

O secretário da Cidade, em Crato, José Muniz, disse que será lançado na cidade um projeto destinado a implantação de ciclovias. Além disso, haverá a implementação de ciclofaixas na cidade. O Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano, a partir da sua atualização, no próximo ano, constará da criação das novas áreas com as ciclofaixas e ciclovias. Uma das vias onde há a proposição é a avenida que será pavimentada ligando os bairros do Lameiro e Grangeiro. Outra está entre a Caixa D’água e o Grangeiro, mas com as devidas adequações, com uma faixa destinada aos pedestres. Esse trecho vem sendo estudado, em virtude de ser uma via de tráfico sob tutela do Estado. (E.S)

Mais informações:
Grupo Eco Biker´s
Telefone: (88) 9904.6263
www.ecobikers.com.br
facebook.com/grupoecobikers
ecobikers@gmail.Com

DIÁRIO DO NORDESTE

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *