Cajazeiras-PB, 19/11/2017
HOME » CAJAZEIRAS » José Aldemir quer sessão para debater estiagem

José Aldemir quer sessão para debater estiagem


O deputado estadual José Aldemir (PEN) está convidando a bancada da Seca na Assembleia Legislativa para participar de uma sessão especial, no próximo dia 13, com o objetivo de discutir o agravamento da seca no interior do Estado, principalmente nas regiões do Sertão, Cariri e Curimataú.

A Bancada da Seca é formada pelos deputados José Aldemir, Vituriano de Abreu, Márcio Roberto, Francisca Motta, Antônio Mineral, João Henrique, Francisco de Assis Quintans, André Gadelha, Frei Anastácio, Anísio Maia, Janduhy Carneiro e Trócolli Júnior, entre outros.

A ideia de José Aldemir é realizar uma grande mobilização, com a participação de prefeitos dos municípios afetados e dos deputados federais e senadores da Paraíba.

“Queremos saber como a população está lidando com a falta de chuva e com a devastação da agricultura e da pecuária. Por isso, queremos ouvir os prefeitos e deputados que representam o semiárido paraibano”, afirmou José Aldemir, que se diz bastante preocupado com a falta de água para os animais e para o consumo humano, principalmente na zona rural.

José Aldemir destacou as ações emergenciais que estão sendo realizadas por determinação do governador Ricardo Coutinho, principalmente em relação à distribuição de água por meio de carros-pipa e a doação de ração animal em algumas regiões paraibanas.

O deputado do PEN afirmou que, após a sessão especial, será elaborado um documento destinado aos governos federal e estadual. No documento, os deputados paraibanos vão solicitar ações emergenciais concretas que melhor atendam à população que sofre com o flagelo da seca.

“Quero convocar os colegas deputados representantes do Sertão, Vale do Piancó, Curimataú e Cariri a se incorporarem ao grito de alerta do Poder Legislativo da Paraíba em socorro aos paraibanos que estão sofrendo com os efeitos da seca”, disse o deputado José Aldemir.

  

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *