Cajazeiras-PB, 19/11/2017
HOME » POLÍTICA » Jeová Campos alerta que outros estados, além da Paraíba, tem interesse de sediar a Zona Franca do Semiárido Nordestino

Jeová Campos alerta que outros estados, além da Paraíba, tem interesse de sediar a Zona Franca do Semiárido Nordestino

JEOVA-TV2

O deputado Jeová Campos usou a tribuna da Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira (13) para chamar atenção que é preciso que os políticos da Paraíba se unam para conseguir aprovar a instalação da Zona Franca do Semiárido Nordestino em solo paraibano. “Vocês sabiam que há em tramitação no Congresso Nacional algumas emendas que solicitam a instalação da Zona Franca do Semiárido em outros estados? Por isso, é preciso que todos os políticos da Paraíba, junto com os integrantes da bancada federal, se unam para lutarmos para que a Zona Franca seja instalada na Paraíba, mais precisamente na cidade de Cajazeiras”, destacou o parlamentar, convidando os deputados a se fazerem presente na audiência pública que será realizada nesta sexta-feira (15), em Cajazeiras, pelo deputado Wilson Filho, um dos autores da proposta de Emenda à Constituição, Nº 19-B/2011, que cria a Zona Franca do Semiárido Nordestino.
Segundo Jeová, Picus (PI), Juazeiro do Norte (CE) e Irece (BA) são algumas das localidades que estão pleiteando a instalação da Zona Franca. “Não podemos perder essa oportunidade, pois temos plenas condições de trazer esse projeto para Cajazeiras que tem boas condições de ser o centro da área a ser demarcada, se estendendo para o leste até Patos, ao Norte, até Pau dos Ferros (RN), ao Sul até Serra Pelada (PE) e a Oeste, até Juazeiro do Norte (CE)”, destacou o deputado, reforçando a importância da participação dos deputados na audiência que acontece no auditório da FAFIC, a partir das 8h. O presidente da ALPB, Adriano Galdino, confirmou presença no evento.
“Podemos, sim, nos tornar um grande pólo econômico e a possibilidade de o Semiárido nordestino vir a ser uma região industrial tem que ser colocada em primeiro plano. Nesse sentido, a solução seria a instalação dessa Zona Franca o que resultaria não só no desenvolvimento do Nordeste, mas também na redução das desigualdades regionais, criando emprego e renda em localidades que sem incentivo jamais atrairão indústrias e grandes investimentos”, enfatizou o parlamentar.
Jeová justifica que o melhor local para a instalação da Zona Franca na Paraíba é o entroncamento dos Estados da Paraíba, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, no eixo da BR-230, polarizado pela região de Cajazeiras, Sousa e Patos, em virtude de geograficamente oferecerem as melhores condições de acesso por serem centrais na região do semiárido nordestino. “Uma zona franca com essa localização ofereceria mecanismos para o seu desenvolvimento, centralizando um conjunto de distritos industriais que ofereceriam para as empresas que neles se instalassem todas as vantagens tributárias, cambiais e administrativas, além de outros benefícios que certamente poderiam ser oferecidos pelo governo federal e estadual”, destaca Jeová.
O deputado lembrou que a Zona Franca do Semiárido Nordestino tem o objetivo básico de gerar empregos, promover a transferência de tecnologia, descongestionar áreas urbanas e tornar viável uma nova estratégia de industrialização para essa região do Nordeste que, atualmente, se situa como a de maior carência econômica e social da Nação. “Essa área apresenta baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), tem carência de infraestrutura, não tem água em abundância, além de outros problemas e que portanto, não atrairá indústrias se não for através de incentivos”, lembrou Jeová, destacando que se os políticos da Paraíba não se mobilizarem, o Estado perderá essa oportunidade. “A bola está com a gente e não podemos perder o chute”, finalizou o parlamentar, justificando a participação de todos os políticos da Paraíba na defesa deste projeto.

ASSESSORIA

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *