Cajazeiras-PB, 19/11/2017
HOME » POLÍTICA » Jeová Campos afirma que união dos políticos do NE é fundamental para aprovação do projeto que cria a Zona Franca do Semiárido

Jeová Campos afirma que união dos políticos do NE é fundamental para aprovação do projeto que cria a Zona Franca do Semiárido

JEOVA-AUDIENCIA-ZONA

O deputado estadual Jeová Campos e presidente da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), disse hoje (15), durante a audiência pública que debateu a criação de uma área de livre comércio para importação e exportação, com incentivos fiscais pelo prazo de 30 anos, que a Zona Franca do Semiárido Nordestino só será aprovada se os políticos do Nordeste se unirem e defenderem essa iniciativa. A Proposta de Emenda à Constituição PEC 19/2011 que cria a Zona Franca do Semiárido Nordestino, é uma propositura do deputado federal Wilson Filho (PTB), que conduziu a audiência, realizada em Cajazeiras, na manhã desta sexta-feira(15).

“A bancada do Nordeste representa 1/3 dos integrantes do Congresso Nacional e a união destes parlamentares será fundamental para que se consiga aprovar essa PEC que institui a Zona Franca do Semiárido Nordestino. Nessa luta não há partidos, disputas políticas, mas o interesse conjunto de ver uma região que convive com diversas dificuldades provocadas pela seca desenvolver-se, gerar emprego e renda e mudar sua realidade, beneficiando milhares de pessoas, de 323 municípios do Nordeste”, afirmou o deputado. Jeová lembra que a Zona Franca beneficiará diretamente os estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Bahia, além da Paraíba.

Para o parlamentar, o encontro foi importante também para debater as políticas públicas para a atração de indústrias no semiárido nordestino. “Além de instituir a Zona Franca, temos que ter disponibilidade de crédito, condições de capacitar mão de obra, criar toda uma infraestrutura que possibilite atrair novos investimentos para a região, enfim, viabilizar a longevidade da ação”, comentou Jeová.

Ainda segundo Jeová, a bancada paraibana no Congresso e na ALPB tem um papel fundamental na defesa da instalação da Zona Franca na cidade de Cajazeiras. Isto porque, há outras cidades pleiteando ser sede da Zona Franca, a exemplo de Picos (PI), Juazeiro do Norte (CE) e Irecê (BA). “Não podemos perder essa oportunidade, pois temos plenas condições de trazer esse projeto para Cajazeiras que tem boas condições de ser o centro da área a ser demarcada, se estendendo para o leste até Patos, ao Norte, até Pau dos Ferros (RN), ao Sul até Serra Pelada (PE) e a Oeste, até Juazeiro do Norte (CE)”, destacou o deputado, reforçando a importância da luta política para que a Paraíba seja sede da Zona Franca.

A audiência, que aconteceu no auditório da FAFIC, contou com a presença de senador, prefeitos, deputados, vereadores, políticos de outros estados, entidades governamentais ligadas ao assunto, além de vários interessados em aprofundar essa discussão. A PEC confere ao governo federal a atribuição de demarcar a área de forma contínua, com círculo de raio mínimo de 100 quilômetros do centro de onde for instalada Zona Franca. “A bola está com a gente e não podemos perder o chute”, finalizou Jeová, justificando a participação de todos os políticos da Paraíba na defesa deste projeto.

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *