Cajazeiras-PB, 20/10/2017

Governo do Estado prepara Caravana do Coração em Cajazeiras e mais 12 municípios

caravana-coracao12

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde e em parceria com a Organização Não Governamental (ONG) Círculo do Coração do Recife, se prepara para realizar mais uma Caravana do Coração. Esta é a terceira vez que o evento acontece na Paraíba e, nesta edição, que será realizada no período de 29 de junho a 11 de julho, 13 municípios serão contemplados.  Nesta terceira caravana os municípios beneficiados são: Itaporanga, Cajazeiras, Sousa, Catolé do Rocha, Pombal, Patos, Princesa Isabel, Sumé, Esperança, Picuí, Guarabira, Itabaiana e Mamanguape.

O público-alvo da caravana, que vai contar com a participação de cerca de 40 profissionais, são crianças de 0 a 12 anos e gestantes com idade gestacional de 22 a 28 semanas que apresentem algum tipo de cardiopatia ou problemas oriundos de cardiopatias, a exemplo de febre reumática, sopro, cianose, taquicardia e desmaios em crianças; e nas mulheres, problemas como diabetes clínica, ultrassonografia com suspeita, outro filho com cardiopatia, má formação fetal entre outros.

A secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, destacou a importância do Círculo do Coração dentro do Estado.   Para ela, essa parceria tem contribuído para que  o Governo do Estado possa oferecer um atendimento qualificado e eficiente às crianças cardiopatas paraibanas e mostra também que o Estado tem capacidade de realizar procedimentos cirúrgicos de alta complexidade e, nesse caso específico,  em crianças com problemas cardíacos. “Agora essas crianças não precisam mais sair da Paraíba em busca de um atendimento especializado em outros centros, como acontecia eM um passado não muito distante”, destacou a secretária.

O coordenador estadual da Rede de Cardiologia Pediátrica e também instrutor dos cursos, Cláudio Régis, explicou que a terceira Caravana do Coração, além da assistência, a exemplo da primeira e segunda caravana, mantém o perfil de capacitação profissional. Ele disse que a Caravana do Coração terá na sua grade o Curso de Transporte do Recém Nascido de Risco, Assistência de Enfermagem ao Recém Nascido e Reanimação Neonatal, além do Auxiliar da Reanimação Neonatal. Os cursos estão voltados para os profissionais que atuam na saúde nos vários níveis de assistência.

“A Caravana, no seu perfil de capacitação, tende a deixar melhor preparados os profissionais dos vários níveis de assistência, o que resulta na melhor qualidade da assistência e faz com que sejam positivos os resultados quanto aos serviços oferecidos, resultando em redução da morbimortalidade materna e neonatal”, destacou Cláudio Regis.

De acordo com o diretor geral do Complexo de Pediatria Arlinda Marques, que é o hospital de referência da Rede de Cardiologia Pediátrica PB\PE, Bruno Leandro de Souza, a realização de mais essa Caravana do Coração mostra mais uma vez a preocupação do Governo do Estado em expandir os serviços na área de cardiologia infantil e, nesse caso específico, levando saúde com qualidade e eficiência às crianças paraibanas.

“As ações de saúde não se restringem apenas a Capital, mas a todos os municípios paraibanos onde o Governo do Estado vem ampliando a sua rede de atendimento com a construção e reforma de hospitais e de outras unidades de saúde que estão equipadas com o que há de mais moderno na área de saúde e com profissionais qualificados para prestar uma assistência com qualidade e eficiência a toda a população paraibana”, destacou o diretor.

A presidente do Círculo do Coração, Sandra Mattos explica que a Caravana do Coração tem por objetivo realizar um mutirão de triagens, consultas e exames cardiológicos com ajuda de uma equipe multidisciplinar de profissionais de diversas áreas. A  III Caravana, que terá também a duração de 2 semanas,  objetiva aumentar o número de pacientes atendidos e capacitações através de um maior contingente de profissionais”, observou.

Maria José de Souza Gomes Galvão, assistente social do serviço de Cardiologia do Arlinda Marques, explica que com essa Caravana do Coração as crianças não precisam vir à capital.  “Elas serão avaliadas no próprio município ou o mais próximo de sua cidade, mas, antes de serem avaliadas pela equipe da caravana, essas crianças passam por uma triagem prévia pela equipe das cidades referenciadas e, constatando alguma suspeita de cardiopatia ou tendo cardiopatia definida, essa criança será encaminhada para ser avaliada na Caravana  e se indicada cirurgia irá para lista de espera”, explicou  a assistente social.

Balanço – Em 2013,  foi realizada a 1ª Caravana do Coração.  “Foram 9 dias de viagem e neste período realizamos  4.608 atendimentos nas áreas de Enfermagem, Cardiologia, Ecocardiograma, Psicologia, Nutrição, Serviço Social, Arte Terapia, Ausculta Cardíaca e Eletrocardiograma totalizando o número de 4.608 atendimentos”, explicou Sandra Mattos.

Ano passado aconteceu a 2ª Caravana do Coração no Estado da Paraíba, que visitou 13 municípios com duração de 14 dias e desta vez com 40 profissionais.  ?Nesta Caravana, foram  realizados  9.171 atendimentos nas mesmas áreas da primeira caravana. Foram ainda realizadas capacitações em reanimação neonatal, transporte e cateterismo umbilical para 495 profissionais de saúde.

SECOM

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *