Cajazeiras-PB, 20/10/2017

Farelo de soja é distribuído em Cajazeiras com agricultores da região

torta-de-soja

Os produtores rurais de Cajazeiras e dos demais municípios jurisdicionados ao Escritório Regional da Emater, regularmente cadastrados, estão recebendo o farelo de soja para alimentação de seus animais. A informação é do representante do órgão, Edilson Pereira, adiantando que a ração a preço subsidiado está chegando regularmente, e que Cajazeiras recebe entre 1.200 e 1.300 sacos por mês.

Segundo ele, são 400 agricultores de Cajazeiras aptos a receber a soja ao preço de R$ 40,00 (quarenta reais) o saco de 50 quilos. A ração, segundo enfatizou, é para os produtores cadastrados no programa e que estão com seus rebanhos devidamente vacinados, seguindo as normas dos órgãos de fiscalização do Estado.

Por outro lado, Edison Pereira disse que está articulando uma reunião em Cajazeiras, com o superintendente da CONAB na Paraíba, para apresentar duas sugestões, visando melhorar a distribuição do milho subsidiado com os criadores da região. A primeira ideia, segundo ele, é a instalação de um posto do órgão em Cajazeiras, com o apoio das prefeituras da região, inclusive, destinando um espaço no Parque de Exposição para seu devido funcionamento. A outra é a formalização de um termo coletivo para os produtores receberem o milho em grupo.

O objetivo, segundo o representante da Emater, é reduzir as despesas dos produtores, facilitando o acesso ao produto, pois estão sendo obrigados, atualmente, a se deslocarem ao escritório de Patos para adquirirem o milho a preço subsidiado. Essa segunda proposta, segundo ele, além de evitar muitos gastos com o transporte, diminuiria as chances da presença de atravessadores, pois contaria com a parceria das secretarias municipais de Agricultura, dos conselhos e sindicatos de trabalhadores rurais.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *