Cajazeiras-PB, 17/12/2017
HOME » COTIDIANO » Falta d’água se agrava na zona rural de Cajazeiras

Falta d’água se agrava na zona rural de Cajazeiras

A problemática da falta d’água vem se agravando a cada dia em toda região polarizada por Cajazeiras.

Todos os dias, agricultores procuram as prefeituras municipais em busca de água. A Operação Pipa do Governo Federal, gerenciada pelo Exército, que abastece as cisternas das comunidades já não tem conseguido atender a demanda.

Em Cajazeiras, a prefeitura consertou a máquina de perfurar poços e alguns foram perfurados, como ocorreu no distrito de Divinópolis, já que o açude que abastecia a comunidade secou. Mesmo assim, a pressão pela perfuração de poços é grande.

Vários proprietários rurais da região de Cajazeiras estão pagando pela perfuração de poços em suas propriedades, para beber, necessidades domésticas e para as poucas cabeças de gado que ainda restam após seis anos de invernos irregulares, com chuvas abaixo da média.

Um pequeno produtor de Cajazeiras pagou só pela perfuração R$ 3.500,00, fora a instalação e a construção de um tanque. A água jorrou com poucos metros. Outros não tiveram a mesma sorte. Gastaram, entretanto, os poços não deram água.

Os agricultores esperam que chova nos meses de dezembro e janeiro para criar pasto para o gado e acumular água nos pequenos açudes. A quadra invernosa na região começa em fevereiro. Ainda não existem previsões seguras em relação ao inverno do próximo ano, acabando com vários anos seguidos de invernos ruins e que tem causando prejuízos incalculáveis a produção agrícola e agropecuária da região do semiárido nordestino.

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *