Cajazeiras-PB, 17/10/2017

Empresário diz que falta de um aeroporto em Cajazeiras dificulta realização de grandes eventos

O empresário Fabiano Gomes lamentou que Cajazeiras não tenha um aeroporto homologado pela  ANAC. A afirmação foi feita durante o debate de carnaval da Rádio Alto Piranhas, quando ele falava a respeito da grande festa que estava promovendo na cidade, com grandes atrações nacionais, a exemplo de Latino, Solteirão e Wesley Safadão.

O empresário disse a falta de um aeroporto homologado e com balizamento para pousos e decolagens à noite dificulta a realização de grandes eventos na cidade. “Gostaríamos de trazer mais grandes atrações para o carnaval de Cajazeiras e outros eventos, mas infelizmente, temos esse problema”, disse.

Essa é uma dificuldade também de outros empresários e casas de eventos, como a Pallacciun que também trabalha com grandes atrações. Os grandes artistas têm aviões, entretanto, para se apresentar em Cajazeiras é preciso pousar em Patos e em seguida viajar quase 200 km até a cidade. Muitos não aceitam, sem se falar que também terminam atrasando o início dos shows.

Ele narrou as dificuldades e o esquema, envolvendo veículos e segurança para trazer os artistas para o Carnaval de Cajazeiras. Mesmo assim ele disse que no próximo ano vai trazer a maior banda de forró do País, Aviões do Forró, sempre muito requisitado pela população.

A aeroporto de Cajazeiras teve a pista e estacionamento feita pelo ex-governador José Maranhão, que também deixou assinada a Ordem de Serviço para construção do Terminal de Passageiros, obra executada pelo atual governador Ricardo Coutinho.

A ANAC exigiu o cercamento da área e terraplanagem nas laterais e área de escape da pista, o que vem sendo feito desde o primeiro governo de Ricardo Coutinho, sendo que no momento, os trabalhos estão paralisados.

A população também lamenta a não conclusão e homologação do aeroporto, pois sonha com escalas nacionais de vôos por parte de grandes empresas de aviação, como ocorre em Juazeiro do Norte.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *