Cajazeiras-PB, 20/10/2017

Delegado seccional pediu a prisão do acusado de matar o comerciário Roberto Santos

 

henrique-amancio_560x462

A ampla repercussão sobre o bárbaro crime em que foi vítima o comerciário cajazeirense Roberto Santos Pereira, ocorrida no sábado de aleluia, rendeu mais um capítulo no inicio da tarde desta quarta-feira (08), quando o programa Boca Quente da Difusora divulgou que o réu confesso do crime, Henrique de Amâncio estaria no Fórum Ferreira Júnior, juntamente com sua advogada, para se entregar a justiça, diante da informação de que o delegado seccional George Wellington Farias havia representado pela sua previsão preventiva.

Na verdade o delegado seccional avocou pra si, até ulterior deliberação, a condução do inquérito, e protocolou, por volta das 9:00hs, o pedido de prisão provisória e, próximo as 14:00hs –(final do expediente do judiciário) esteve no Fórum para saber se a prisão havia sido decretada, o que não ocorreu até o horário de expediente ao público, já que os autos não estavam conclusos para o juiz Francisco Hilton, que estava respondendo, até esta quarta-feira, pela primeira vara.

Na oportunidade, a advogada Catharine Rolim também esteve no Fórum para colher informação sobre o pedido feito pelo delegado e disse à imprensa que, após a decisão judicial, analisaria qual a providência seria tomada, mas, diferente do que afirmou o repórter Júnior Soares, o acusado não esteve no Fórum.

 

BLOG DO ADJAMILTON PEREIRA

SOBRE Adjamilton Pereira

Adjamilton Pereira
Advogado, radialista e jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *