Cajazeiras-PB, 18/11/2017
HOME » EDUCAÇÃO » Conselho Regional de Medicina e demais representações médicas da Paraíba apóiam a permanência do curso de Medicina de Cajazeiras

Conselho Regional de Medicina e demais representações médicas da Paraíba apóiam a permanência do curso de Medicina de Cajazeiras

O curso de Medicina da UFCG do campus de Cajazeiras alcançou mais uma vitória nesta última segunda-feira (30). É que a diretoria do Conselho Regional de Medicina (CRM) e representação do Sindicato dos Médicos da Paraíba, que anteriormente se posicionavam contra a implementação do curso de Medicina na cidade, alegando a falta de estrutura para a manutenção do curso na região, acabam de reconhecer a importância da graduação e, mais que isso, também se comprometeu a confeccionar relatório em defesa da permanência do curso de Cajazeiras para fortalecer a luta encampada pela universidade e diversas entidades públicas e privadas de Cajazeiras e dos 17 municípios polarizados pelo sistema de saúde da cidade, que reconhece o curso como o grande divisor de águas no que se refere à melhoria do atendimento à demanda da saúde pública na região.
Segundo o professor do curso de Medicina e interlocutor do reitor da UFCG Thompson Mariz no que concerne ao assunto, Vinícius Ximenes, o anúncio da adesão do CRM em defesa do curso de Medicina aconteceu nesta segunda-feira (30) durante uma visita ao presidente do Conselho, João Medeiros, que se disse favorável ao curso. Na oportunidade, João Medeiros afirmou que as ressalvas do CRM encaminhadas ao Ministério Público, na ocasião do encaminhamento da solicitação de abertura do curso na cidade, foi baseada na falta de infraestrutura da rede pública de saúde na região, bem como a falta de necessidade da implantação de outro curso no estado, tendo em vista a existência de outros cinco cursos de Medicina na Paraíba.
“O presidente nos explicou o que ocorreu anteriormente e reconheceu a importância do curso para o desenvolvimento não só sócio-econômico da região, mas também para o desenvolvimento da própria saúde local que, com a força dos investimentos realizados, transpassou as barreiras da falta de infraestrutura e hoje é referência na região”, disse o professor, destacando que o CRM reconheceu as mudanças na saúde da região, advindas do investimento tanto de infraestrutura, com a reforma de hospitais, compra de equipamentos, ampliação de recursos, como na capacitação de profissionais, com a realização de cursos e a realização de concursos.
Para o diretor geral do Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), Dr. Antônio Fernandes Filho, que também esteve presente à reunião junto ao professor Ximenes, a mudança de opinião do CRM só prova que a cada dia que passa mais forças estão convergindo para a melhoria da saúde pública da região sertaneja. “Estamos fortalecendo a nossa luta em prol do desenvolvimento não só do curso de Medicina, mas também de toda a saúde pública da região, se é que podemos fazer alguma distinção nesse sentido”, destacou o diretor, comemorando a adesão do CRM.

News – Assessoria & Comunicação

SOBRE News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *