Cajazeiras-PB, 18/10/2017

Chuvas do ano em Cajazeiras chegam a apenas 300 milímetros

chuva

Os municípios sertanejos registraram uma sequência de chuvas, na semana passada, o que levou a população a acreditar mais na consolidação do período invernoso. As precipitações variaram muito de intensidade na região. Em Cajazeiras, por exemplo, diferentemente de outros municípios, choveu pouco: 300 mm até 31 de março, o que corresponde a mais ou menos a metade do mesmo período do ano passado.

O agrônomo Adalberto Nogueira, que acompanha todos os estudos dos institutos de meteorologia, afirmou que a Semana Santa será de chuvas na região. Segundo ele, as recentes mudanças climáticas estão favoráveis a chuvas. “A previsão é de novas precipitações nestes dias 02 e 03 de abril, com possibilidades de chuvas fortes até o dia 15”, observou.

Para os produtores rurais, as chuvas caídas até agora foram essenciais para garantir a pastagem e encher os pequenos reservatórios. Sobre a produção agrícola da região (arroz, feijão e milho), as perspectivas não são boas, em virtude da irregularidade do inverno.

Os grandes açudes que abastecem as cidades receberam pouca recarga, e ainda estão em situação crítica. Engenheiro Avidos (Boqueirão de Piranhas), por exemplo, recebeu aproximadamente 02 milhões e 700 mil metros cúbicos de água nova, e terminou o mês de março com um volume de 26 milhões e 600 mil metros cúbicos, o que representa 10,4% de sua capacidade de reserva. Já Lagoa do Arroz estava até 31 de março com 08 milhões e 200 mil metros cúbicos, que corresponde a 10,2% de sua capacidade.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *