Cajazeiras-PB, 18/10/2017

Carlos Antônio diz que paraibanos optaram por quem trabalha

carlos-rap

Em entrevista à imprensa de Cajazeiras nesta terça-feira (28), o secretário de Desenvolvimento e Articulação Municipal, o ex-prefeito Carlos Antonio (DEM), declarou que a reeleição do governador demonstrou que os paraibanos optaram por quem trabalha. “O trabalho venceu a inércia”.

E os traíras?
O secretário revelou que não há mágoas com os dissidentes, que nas vésperas da eleição pularam para apoiar Cássio Cunha Lima. “O governador não vai olhar cor partidária”.

Investimentos
Carlos Antonio confidenciou que o governador está muito satisfeito com a maioria de mais de oito mil votos nas 15 cidades da região de Cajazeiras, e reafirmou o compromisso do socialista em construir o IML, concluir o aeroporto, a escola técnica e anunciou investimentos de R$ 4,5 milhões para construir uma nova sede do Detran na Terra do Padre Rolim, que será localizado na Zona Norte de Cajazeiras. “O  processo licitatório já vai ser publicado”

O auxiliar do Governo afirmou também, Ricardo Coutinho vai concluir a obra do Teatro, o Cidade Madura, construir a estrada de Boqueirão e entregar até o mês de dezembro o segundo lance da arquibancada do estádio O Perpetão.

Cargos
Sobre os cargos, Carlos Antonio destacou que o Governo vai optar pela capacitação de cada um, além das indicações do deputado Jeová Campos, da prefeita Denise e dos demais gestores que estiveram com o grupo “Girassol”.

Mudança?
O secretário defendeu uma secretaria de destaque no Governo para o ex-prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PSDB), e declarou se sentir prestigiado por Ricardo Coutinho. “Qualquer Secretaria que for convocado estou pronto porque Ricardo Coutinho é a pessoa mais valorosa que conheço”

O democrata sinalizou que poderá haver mais um cajazeirense no primeiro escalão do Governo. “Se for chamado para opinar temos grandes nomes”.

E Zé Aldemir?
Sobre José Aldemir (PEN), o secretário disse que não poderia virar as costas para o aliado nesse momento político, pois ele foi muito importante na campanha municipal e revelou: “Vamos fazer uma política de conciliação no Estado”.

DIÁRIO DO SERTÃO

SOBRE Diário do Sertão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *