Cajazeiras-PB, 18/11/2017
HOME » NORDESTE » Canal de Youtube resgata história da cidade de Icó e seu principal memorialista

Canal de Youtube resgata história da cidade de Icó e seu principal memorialista

O músico e produtor cultural Daniel Bruno Batista Martins, com o objetivo de preservar a memória do município de Icó, criou o canal do Youtube “Icó em Fatos e Memórias”, mesmo nome da obra de autoria do professor, comunicador e memorialista Miguel Porfírio de Lima.

Com o canal, o trabalho de preservação realizado por “Tio Miguel”, como era conhecido carinhosamente pela comunidade icoense, veio à tona. Daniel busca ampliar o acesso da obra que trata da História do Icó, com a transposição audiovisual do texto dos capítulos dos livros que dão nome ao canal sem fins lucrativos.

Até agora, foram publicados 16 vídeos. O canal é atualizado às terças, quintas e sábados e é um espaço para se ter “um encontro marcado com a história da nossa cidade (de Icó)”.

Daniel ainda destaca que todas as informações contidas são de propriedade intelectual do Tio Miguel, e da sua família, que detém os direitos autorais dele após a sua morte.

Sobre Miguel Porfírio

Nascido em 18 de março de 1921 no sítio São Romão, na época pertencente ao Icó e hoje ao município de Orós, Miguel Porfírio de Lima foi filho de agricultores e trabalhou em sua vida em diversas atividades, dentre as que ele próprio destacava a de ter sido vaqueiro.

Foi mestre de fiação em uma fábrica de tecidos, além de ter trabalhado no serviço público federal (como o Departamento Nacional de Produção Mineral e Ministério da Agricultura. No município do Icó, foi gestor da Fundação Icoense de Educação, que se tornou o Departamento de Educação e Cultura e, logo após, a Secretaria da Educação.

“Perdidamente apaixonado”, como gostava de reportar seu amor pelo Icó, Miguel foi pioneiro em sua época ao trazer aos escritos as obras “Icó em Fatos e Memórias” (volumes I e II), além de ter participado do documentário “Icó por Tio Miguel”, produto final organizado por alunos do curso de Educação Patrimonial do Programa Monumenta em 2006.

Um dos baluartes na preservação da memória do povo icoense, ele apresentou palestras, cursos e seminários, além de realizar estudos de campo com estudantes da cidade de Icó e de outras cidades contando a história local. Trabalho este que atualmente é realizado pelo pesquisador em História Altino Afonso Medeiros.

Falecido em 6 de março de 2017, Miguel Porfírio de Lima foi homenageado com o nome da Escola de Ensino Médio localizada no distrito de Icozinho, em Icó, e pelo Festival da Cultura Icoense, em 2011, com o nome da comenda de homenagem in memoriam.

TRIBUNA DO CEARÁ

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *