Cajazeiras-PB, 20/10/2017

Cai arrecadação de ICMS na região de Cajazeiras nos três primeiros meses do ano

grafico

Os três primeiros meses de 2015 foram de redução da arrecadação do ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços) na região jurisdicionada ao Núcleo Regional de Finanças, sediado em Sousa. De acordo com informações obtidas junto à Coletoria Estadual de Cajazeiras, houve uma diferença negativa de R$ 459.999,12 no trimestre.

As receitas de janeiro, fevereiro e março foram caindo mês a mês, chegando a R$ 11.077.707,80 (onze milhões, setenta e sete mil, setecentos e sete reais e oitenta centavos), quando o projetado era de R$ 11.537.706,92 (onze milhões, quinhentos e trinta e sete mil, setecentos e seis reais e noventa e dois centavos), o que gerou, portanto, essa diferença superior a R$ 459 mil.

A coletora estadual de Cajazeiras, Francineide Pereira, revelou ao Gazeta que as receitas que apresentaram redução significativa no mês de março referente a fevereiro foram ICMS importação, ICMS Simples Nacional Fronteira e ICMS Nacional Franteira, o que tem refletido na diminuição das compras.

Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Cajazeiras, José Antonio de Albuquerque, a crise chegou à região, e tem refletido seriamente na economia local e regional. “As pessoas estão comprando menos, o que significa menos impostos e menos receita para os cofres públicos”, comentou.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *