Cajazeiras-PB, 18/11/2017
HOME » ALMANAQUE » Cachorro de governador

Cachorro de governador

O padre Levi Rodrigues travou uma briga com o prefeito José Almir, de São José da Lagoa Tapada, onde uma estátua de Frei Damião estava jorrando água. O prefeito, na ânsia de faturar politicamente, jurava se tratar de um milagre.

Padre Levi dizia que era tudo mentira, que o Direito Canônico não previa aquele tipo de milagre e daí começou a briga. O prefeito chamou o padre de vigarista e o padre, que tinha um programa na Rádio Alto Piranhas, respondeu a ele assim:

-O prefeito José Almir, meus queridos ouvintes, está me chamando de vigarista. Eu respondo a ele baseado na Constituição do Brasil, que enumera as autoridades da seguinte maneira: presidente, ministros, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. Prefeito, conforme esse quadro constitucional, não passa de cachorro de governador.

SOBRE Radar Sertanejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *