Cajazeiras-PB, 24/11/2017
HOME » CAJAZEIRAS » Boqueirão de Piranhas capta apenas três centímetros de água com as últimas chuvas

Boqueirão de Piranhas capta apenas três centímetros de água com as últimas chuvas

boqueirao-mar

Açudes do Sertão aumentaram o volume após as chuvas registradas no fim de semana na Paraíba, no entanto a situação no açude Boqueirão, que abastece a região de Campina Grande, continua crítica.

De acordo com informações do meteorologista Alexandre Magno, da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), dois açudes do Sertão tiveram recarga notificada pela agência. Foram os açudes de Mãe D’água, na região de Coremas, que teve uma recarga de 5 centímetros e o Engenheiro Ávidos, na Região de Cajazeiras, com aumento registrado de 3 centímetros.

Outro açude que deve ter recarga, mas que só será notificado nesta terça-feira (24) é o São Gonçalo, na região de Sousa, também no Sertão. Alexandre Magno disse que esse possível aumento no aporte do açude se deve aos 86,4 milímetros de chuva registrados na região de Sousa nesse fim de semana.

Mesmo com as chuvas registradas desde o início do ano na região de Campina Grande, o volume do açude Boqueirão continua sem alterações, ou seja, permanece com cerca de 20% da capacidade, o que faz com que o esquema de racionamento continue e a previsão de uso do volume morto do manancial permaneça para novembro.

Mais chuvas

A previsão de chuvas permanecem em todo o estado, segundo o meteorologista da Aesa, Alexandre Magno. Ele disse que na região do Litoral a perspectiva é de continuar chovendo e nas demais regiões as precipitações devem ser localizadas.

Com as previsões de continuidade das chuvas, a perspectiva é de melhoria do aporte hídrico dos mananciais paraibanos que está com apenas 21% da capacidade.

Quanto ao nível dos mananciais após a ocorrência de chuvas, o meteorologista da Aesa explicou que em alguns casos é necessário alguns dias para que se possa saber se as precipitações trouxeram aumento do aporte hídrico.

AESA

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *