Antigos funcionários do Banco do Brasil em Cajazeiras


PORTAL DA MEMORIA_906-2

Data de 12 de outubro de 1808 a criação do Banco do Brasil. Deve-se a mesma ao Príncipe Regente Dom João de Orleans e Bragança (Dom João VI), que o criou por sugestão do Conde de Linhares Rodrigues de Sousa Coutinho que. Este, por sua vez, com isso visava à criação de uma indústria brasileira de manufaturação, objetivando a importação de matérias-primas e a exportação de produtos industrializados.

À Paraíba, o BB chegou em 1916, comemorando este ano, portanto, cem anos de sua existência em solo paraibano. Em Cajazeiras, a sua instalação se deu somente em 1937, portanto, 21 anos após a chegada ao nosso Estado.

Em nossa terra, a sua primeira sede foi estabelecida no início da Rua Padre José Tomaz, local que,  posteriormente, serviu de endereço ao Foto de F. Nogueira, o Nogueirinha, um dos pioneiros na fotografia citadina. Tempos depois, a agência do BB passou a funcionar na Rua Juvêncio Carneiro, vizinha do Cajazeiras Hotel e onde hoje funcionam os estúdios da Difusora Rádio Cajazeiras, mantendo a Carteira Agrícola na Praça Dom João das Mata onde, atualmente, funciona uma Agência do Bradesco. Daí foi, definitivamente, para a moderna sede, também localizada na mesma rua, vizinha do antigo Posto de Puericultura, quase defronte da agência dos Correios.

Mas, a história bancária em nossa terra não pode relegar ao esquecimento duas antigas casas creditícias que serviram de apoio ao comércio, à indústria e à pecuária regionais: a Cooperativa Agrícola de Cajazeiras – leia-se Banco de Antônio Rolim – e o Banco Industrial de Campina Grande – leia-se Banco de Newton Rique –, ambos localizados na Praça João Pessoa.

Hoje, os tempos são outros e, apesar da existência do chamado “cangaço urbano”, dispomos de agências do Banco do Nordeste, Bradesco, Itaú, Santander, Unicred e da Caixa Econômica Federal.

Na foto, alguns dos primeiros funcionários do BB, em Cajazeiras – sentados, da esquerda para a direita: Francisco Olívio, Armando Gonçalves, José Marques Bezerra (advogado do Banco), Vital Jofilly (Gerente), Nodgy França Andrade (Inspetor), Heraldo Alves da Costa (Contador), Domício Rodrigues Holanda (Carteira Agrícola/CREAL) e Mário Bizarria Coelho; em pé, na mesma ordem: Jônatas de Almeida Cavalcanti, Antônio Seixas Maciel, Dourival de Souza Carvalho, Expedito Mendes Meira, Jaime Fernandes de Oliveira, Ivaldo Guimarães Macieira, Francisco Xavier Aragão, João Pereira de Souza, Lucas Evangelista Ramos e Pedro Martins Chaves.

Em tempos mais recentes, tivemos, entre muitos outros, cujos nomes a memória nos levou: Agildo (…), Ângelo de La Bianca, Antão Carneiro, Antônio Tigre, (…) Amorim, Bonifácio Moura, (…) Botelho (Gerente), Constantino Cartaxo, (…) Cunha, Dario (…), Eudoro Portela Melo, Fernando (…), Fernando Dinoá, Francisco de Assis Pereira (Barão), Francisco Lopes, Francisco Meira, Hélio Caetano (Gerente), Humberto Cartaxo, João Bosco de Assis (Pato), João Veríssimo, João Marinho (saxofonista da Orquestra Manaíra), José Alencar Bezerra (Dedé dos Canários), José Carneiro da Cunha Mapurunga, José Leopoldo de Souza (posteriormente elevado à função de Superintendente), José Lidonor, Mailson Ferreira da Nóbrega (chegou à elevada função de Ministro da República), Marcelo Holanda, (…) Moura (Mourinha), Nilmar Holanda, Otavino Alves de Souza, Paulo Souto, Pedro Bayma, Pedro Pio Chaves, Petrov (…), Sebastião Diniz, Tigre do Abiahy (Babi), Vicente (…) (serviços gerais).

FRANCELINO SOARES PARA O GAZETA DO ALTO PIRANHAS

4 Comments

  1. João gomes nogueira
    17/04/2016

    Faltou Domicio Holanda e Baby

  2. João gomes nogueira
    17/04/2016

    Faltou uns dos funcionario! Domicio Holanda e Baby que jogava no atlético.

  3. Pedro Amorim Ramos
    05/05/2016

    Olá, sou neto do Lucas Evangelista Ramos, que depois venho a ser transferido para unidade do Banco do Brasil em Recife, e gostaria de mais informações sobre essa foto, como data, onde se localiza está foto e se há mais registros fotográficos desse período, obrigado e estou aguardando a resposta.

  4. 06/05/2016

    Olá. O fotografia foi enviada por um colaborador do blog, sendo uma reprodução, e foi feita defronte à agência de Cajazeiras/PB em meados da década de 1960.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *