Cajazeiras-PB, 11/12/2017
HOME » NOTÍCIAS » Anid defende produção de conteúdo digital na caatinga

Anid defende produção de conteúdo digital na caatinga

ACAATINGA - Exposição Interativa - [2013-11] - Convite eletrô

Uma tenda móvel, em lona verde inflável, em formato de mandacaru. Este é o ambiente da exposição interativa “Caatinga: um novo olhar – entre nesse clima”, que será aberta nesta quinta-feira, 28, no Parque do Povo, em Campina Grande. Dentro, uma exposição com cerca de 20 pontos de interação, com painéis, jogos de espelho e muita interatividade.

Segundo a coordenadora técnica da Associação Caatinga, Liana Sena, o objetivo da exposição é ressaltar a beleza e a riqueza da caatinga, pra desmistificar o conceito de pobreza e seca a ela atreladas. As imagens e o texto apresentados trazem linguagem acessível a todos os públicos, incluindo cadeirantes e surdos.

A realização é da ONG cearense Associação Caatinga em parceria com a Associação Nacional pela Inclusão Digital (Anid) e Secretaria de Cultura de Campina Grande. A mostra ficará aberta a visitação pública gratuita até o dia 1 de dezembro, das 8h às 17h30.

Para o presidente da Anid, Percival Henriques, a exposição da caatinga é importante à em que o conteúdo reflete a necessidade das pessoas no seu ambiente. “A defesa da caatinga como um dos mais importantes biomas brasileiros é extremamente interessante. Então trazer essa ideia da defesa do nosso bioma para dentro da discussão de produção de conteúdo numa conferência de mídia é importante”, disse. “Eu quero que as pessoas discutam sua realidade. É a partir disso que esse conteúdo vai ser mais rico. É importante porque não dá para a Anid fazer inclusão digital sem compreender o elemento humano. O elemento humano é aquilo que faz a diferença na internet”, completou.

A exposição resgata a beleza e a diversidade do bioma caatinga, mostrando as tecnologias sustentáveis e as atitudes que podemos tomar para ajudar na preservação e conservação dos recursos naturais. Um dos destaques é uma área específica sobre o Tatu-Bola (Tolypeutes tricinctus), animal escolhido para mascote da Copa do Mundo, depois de uma campanha lançada pela Associação Caatinga nas redes sociais em 2012.

Na exposição, os visitantes são apresentados a uma caatinga diferente e surpreendente, por meio de imagens da fauna e flora estampadas em painéis, maquetes, cubos e outros equipamentos. A exposição traz ainda um circuito com tecnologias sustentáveis, jogos interativos com dicas para preservação e um painel interativo com o canto de dez espécies de pássaros, em que os visitantes poderão explorar o ambiente e conhecer as riquezas do bioma.

Essa semana inicia o circuito de 3 exposições no estado da Paraíba. As próximas cidades serão João Pessoa e Cajazeiras.

ASCOM ANID

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *