Cajazeiras-PB, 17/12/2017
HOME » JUSTIÇA » Advogados fazem protesto para reclamar de falta de juízes no Sertão

Advogados fazem protesto para reclamar de falta de juízes no Sertão

Advogados das cidades de Sousa, Cajazeiras e Pombal, no Sertão paraibano, fizeram uma manifestação nesta quinta-feira (23), em frente aos fóruns judiciais de cada cidade para reivindicar que a justiça envie mais juízes para estas comarcas.

Na cidade de Sousa, por exemplo, os advogados destacam que são apenas três juízes para três comarcas. Em Cajazeiras existem três varas e apenas dois juízes. Já na cidade em Pombal tem apenas um juiz que responde por duas varas de justiça.

A pouca quantidade de juízes, segundo os manifestantes, atrapalha o trabalho dos advogados. “Na verdade há um prejuízo muito grande porque sem juiz não tem como despachar processo, sentenciar, apreciar liminares. Então aqueles que buscam o poder judicial, não terão, porque não há juízes”, disse o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, na cidade de Sousa, Lincon Abrantes.

O presidente também destacou que a Organização das Nações Unidas (ONU), recomenda que a cada 100 mil habitantes atuem sete juízes. Lincon Abrantes destacou que ocorre uma má distribuição de juízes no estado. “Campina Grande tem quase 500 mil habitantes, então era pra ter 35 juízes, mas tem 52. Em João Pessoa são 811 mil habitantes, então deveria ter 56 juízes, mas tem 103. Enquanto isso, no Sertão falta juízes”, disse ele.

SOBRE G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *