Cajazeiras-PB, 11/12/2017
HOME » CAJAZEIRAS » Adutora em Lagoa do Arroz ainda não tem previsão para entrar em funcionamento

Adutora em Lagoa do Arroz ainda não tem previsão para entrar em funcionamento

adutora(1)

A população de Cajazeiras vem enfrentando um forte racionamento, com a população reclamando da falta do precioso líquido. Outro problema tem sido a rede de distribuição, cuja tubulação é antiga, de amianto e precisa ser trocada. Tem sido grande o número de vazamentos. A distribuição da água é feita por meio de manobras, abrindo para uma determinara área e fechando para outras.

No início do ano passado, o governador Ricardo Coutinho anunciou a implantação de uma adutora no açude de Lagoa do Arroz, com a finalidade de abastecer a zona norte da cidade, a parte mais alta da cidade. A obra seria emergencial e de engate rápido e fazia parte das ações de combate aos efeitos da seca no Estado, entretanto, ela ainda não foi concluída. Um dos motivos para o atraso teria sido um incêndio criminoso que destruiu várias caixas d’água e canos.

Segundo o gerente regional da CAGEPA, Cleudismar Alexandre Maciel (neném), falta apenas 40% da tubulação. A empresa teria comprado a primeira remessa dos tubos e agora estaria tendo dificuldades para comprar o restante, em função da alta do dólar.

Conforme o gerente o sistema de captação já está pronta, juntamente com a subestação, quadro de comando, os dois motores, casa de Bomba construída, faltando o acabamento na ETA. Mesmo assim, o pequeno volume de água no açude de Lagoa do Arroz, que também vai abastecer a cidade de São João do Rio do Peixe, também é uma preocupação. Neném não soube informar quando a adutora está pronta, trazendo água para abastecer a zona norte da cidade e diminuindo a quantidade de água vinda de Boqueirão, além de contribuir para a diminuição no número de vazamentos na rede, tendo em vista que a água para subir até as Casas Populares a pressão é muito grande.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *