Cajazeiras-PB, 17/12/2017
HOME » CAJAZEIRAS » A Faisqueira do Gazeta

A Faisqueira do Gazeta

Décimo quinto   Na cidade de Cajazeiras, com a morte da jovem Karolaine da Silva Sousa, com 20 anos, mãe de uma filha de quatro meses, executada a tiros de revolver na tarde do dia 27 de novembro, computa-se como o décimo quinto assassinato do ano, uma estatística que macula a tradição cajazeirense de cidade pacata e ordeira.

Impunidade  Tem um detalhe: destes quinze crimes nenhum acusado teria sido ou foi preso. A impunidade anda a galope no lombo da justiça e pisa impiedosamente a sociedade. Sem dados oficiais, comenta-se, que a totalidade destes crimes estaria relacionada ao mundo subterrâneo das drogas, que destrói de modo implacável as famílias de nossa cidade.

Liso que só bunda de anjo  Os advogados têm se queixado que as comarcas não têm realizado júris populares por falta de dinheiro para comprar “quentinhas” para o Conselho de Sentença e o restante dos envolvidos na Sessão do Tribunal, incluindo o próprio juiz. Enquanto isto vem sobrando “mufufa” em alguns contracheques de muitas eminências. A continuar assim os advogados não têm como colocar “dindim” no bolso da toga e a justiça anda devagar quase parando.

O gordo e o mago  O prefeito de Santa Helena, que tem nome do Salvador – Emannuel Messias trocou o apoio, para deputado federal, que dava ao gordinho Rômulo Gouveia, pelo mago de Campina grande, Enivaldo Ribeiro.  Emannuel não quer ninguém gordo do seu lado, já que fez um regime e perdeu mais de 50 quilos. Mago com mago devem se entender melhor.

O gordo e o mago  O “orientador” desta troca política teria sido o prefeito de Cajazeiras, médico José Aldemir, que teria mostrado as vantagens deste negócio e como médico teria aconselhado: “é melhor a forte mu$culatura de Enivaldo do que a gordura flácida de Rômulo”.

Campeão olímpico  O deputado estadual Caio Roberto, filho do deputado federal Wellington Roberto, vem demonstrando ser um verdadeiro campeão olímpico e já teria vencido, na região, algumas etapas que o levarão de volta ao podium da Assembléia Legislativa da Paraíba. Como disputa na categoria de pe$o pe$ado, já conquistou algumas etapas: Ana Cleide em São José de Piranhas, Corrinha em Santa Helena e Lavoisier Dantas em São João do Rio do Peixe. Nenhum outro candidato tem demonstrado a força fí$ica de Caio Roberto.

Campeã  Os assessores políticos da Dra. Paula Meireles estão projetando que ela será a campeã de votos em Cajazeiras e que somados aos apoios dos outros municípios será também levada ao top do podium. Estariam empenhados nesta conquista: Roberto Bayma de Bom Jesus, Emanuel de Santa Helena, Aurileide de Poço de Zé Moura, Airton Pires de São João e Zé Aldemir de Cajazeiras.

Mistério!!!  O que estaria acontecendo nos bastidores do poder, que os pobres e miseráveis mortais desconhecem? A declaração do deputado estadual Jeová Campos de que poderá levar o prefeito Zé Aldemir nos ombros para o palanque de Ricardo Coutinho, já em 2018, deixou muita gente com uma pulga atrás da orelha. Tem um boi voando ao redor de Cajazeiras.

Em boa companhia  O deputado estadual Jeová Campos tá mais agarrado no candidato a deputado federal Gervásio Maia, do que carrapato em cachorro e os dois têm fechado acordos na região que poderão impulsionar suas candidaturas: Chico Pereira e Alderi Caju em Bonito de Santa Fé, Bodin e Teta em Cachoeira dos Índios e Dão em Bom Jesus. É de grão em grão que se enche o pilão.

Alerta  Conversa entre aliados autênticos e históricos do prefeito Zé Aldemir: “o nosso prefeito precisa ter muito cuidado com alguns “amigos do poder”, que imaginam exercer uma função com a sensação de serem eternos mandatários”. É preciso realmente entender o quanto é falso o querer ser eterno. O velho tempo está por aí mostrando quantos, em Cajazeiras, se arvoraram de “donos do mundo” e hoje, onde estão?

Biometria  O eleitorado alvo a ser atingindo em Cajazeiras é 45.525 eleitores e até o fechamento desta edição ainda está faltando mais de 6.000 eleitores para fazer a biometria, isto significa que Cajazeiras terá nas próximas eleições menos de 40.000 cidadãos aptos a comparecerem às urnas em 2018 e poderá perder a sétima posição no estado em número de eleitores.

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *