81 médicos cubanos chegam à Paraíba

53

medicos-cubanos

Mais 81 médicos cubanos, dois a mais do que o divulgado na semana passada, desembarcaram no Aeroporto Internacional Castro Pinto, em Bayeux, na Região Metropolitana de João Pessoa.  A partir da próxima segunda-feira (9), serão encaminhados a 67 cidades paraibanas, através do programa Mais Médicos, do Governo Federal. Esta semana, serão acolhidos e passarão por um treinamento. Em setembro, o Estado já havia recebido 76 médicos (13 com diplomas de outros países). Com os 81 cubanos, a Paraíba ficará com 157 médicos, sendo 54 brasileiros e os demais estrangeiros.

Equipes da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, devem dar as boas-vindas aos cubanos no dia de hoje. Segundo o Ministério da Saúde, três mil médicos, nas últimas três semanas, participaram do módulo de acolhimento e avaliação do Mais Médicos. Eles estiveram nas cidades de Brasília (DF), Fortaleza (CE), Vitória (ES), Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP). A aprovação no curso é condição para a emissão do registro profissional provisório pelo Ministério da Saúde, sem a qual os médicos estrangeiros não podem atuar no Brasil.

De acordo com a gerente operacional da Atenção Básica da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Shenia Maria Felício Felix, 79 médicos estavam previstos para chegar à Paraíba no dia de hoje. No entanto, dois cubanos foram relocados de outros estados porque essas unidades federativas não tinham condições de recebê-los. “Como precisamos de médicos, eles foram encaminhados para o Estado”, revelou.

Dos 223 municípios paraibanos, 118 aderiram ao Mais Médicos nas duas etapas do programa. Com a vinda desses 81 profissionais de saúde, a Paraíba ficará com 157, sendo 54 de nacionalidade brasileira e 103 com diploma estrangeiro, sendo cinco intercambistas, que aderiram voluntariamente ao programa, segundo informou Shenia Maria Felício Felix.

Mais adesão – Os interessados em participar do programa podem aderir até o próximo dia 9 de dezembro, por meio do site maismedicos.saude.gov.br. Médicos com registro profissional em outros países devem anexar ao formulário os documentos validados pelos consulados até o dia 13. Essas vagas estarão disponíveis para os municípios que ainda não contam com nenhum profissional do Mais Médicos.

PORTAL CORREIO

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.