[2009] Enchente do Rio do Peixe faz Capivara sangrar

325

Açude Capivara_02_320x240

A exemplo do que aconteceu em Patos, que chegou a chover 280 milímetros e em algumas regiões do município, ultrapassando 300 milímetros, provocando muita destruição e desabrigados, fortes chuvas também foram registradas na região do Vale do Rio do Peixe na noite de terça e madrugada de quarta-feira, provocando uma grande cheia no Rio do Peixe que provocou uma série de transtornos à população ribeirinha, tendo em vista que, dezenas de casas foram cobertas pelas águas e várias famílias ficaram desabrigadas, além de contabilizarem um grande prejuízo material.

A cheia no Rio do Peixe também fez o açude de Capivara, com capacidade para 37 milhões de metros cúbicos de água, sangrar. A barragem abastece a cidade de Uiraúna, foi construída recentemente e sangra pela segunda vez, com uma lâmina que chegou a ultrapassar os 80 centímetros.

As cidades de Poço Dantas, Bernardino Batista e Santarém, esta última, a mais atingida, ficaram ilhadas e a população incomunicável e sem energia elétrica, já que postes e redes de alta tensão caíram, ficando a população sem os serviços de telefonia fixa, problemas que persistem desde a última quarta-feira.

Em Poço Dantas, as chuvas registraram 160 milímetros, Bernardino Batista, 150 milímetros, deixando essas cidades totalmente isoladas, já que o rio do Peixe não dava passagem, nem para Uiraúna, nem para outras cidades. A população de alguns distritos também ficou ilhada, como foi o caso de Fazenda Nova, no município de Santarém. Segundo moradores da região, foi uma das maiores cheias já verificadas pelo Rio do Peixe. Estradas também foram danificadas pelos riachos e as dificuldades de acesso continuam difíceis. Os prefeitos dessas cidades (Edomarques Gomes, Lucrecia Barbosa e Itamar Moreira), foram acionados, logo pela madrugada para dar assistência às famílias atingidas, trabalho que continuou no dia seguinte, principalmente a recuperação das estradas. As chuvas na noite de terça e madrugada de quarta-feira banharam toda região e também fizeram sangrar o açude da Cagepa, em São José de Piranhas. Em Cajazeiras, as chuvas já ultrapassaram a marca dos 800 milímetros.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS - ED 540 (17 a 23/04/2009)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.