Cajazeiras-PB, 22/10/2017

[2005] População critica serviços da Saelpa

SAELPA_800x600

Empresários, comerciantes, prefeito municipal, empresários, radialistas, presidentes de Sindicatos e Associações, além dos vereadores, criticaram durante os serviços prestados pela Saelpa, em Cajazeiras, durante Audiência pública, realizada na Câmara Municipal, na última terça-feira, as 09 horas da manhã, pelo Conselho de Consumidores da empresa, com a presença do seu presidente, Francisco Sagres, do Defensor Público Geral do Estado, Francisco Araújo e do Secretário Executivo do Procon Estadual, Odon Bezerra, que vieram a Cajazeiras, por orientação do governador Cássio Cunha Lima.

A insatisfação era muito grande, não apenas em Cajazeiras, mas principalmente nas cidades da região, como Bonito de Santa Fé, São José de Piranhas, Monte Horebe, Cachoeira dos Índios, Bom Jesus, São João do Rio do Peixe, distritos e sítios, em relação a qualidade da energia oferecida à população. Se faz necessário uma reforma na rede elétrica e novos investimentos. A energia oferecida também não consegue atender à demanda, provocando constantes oscilações, queda de tensão e Bleck-out, especialmente entre 18 e 22 horas, quando o consumo aumenta, provocando a queima constante de eletrodomésticos e eletroeletrônicos, inclusive computadores, situação que se agrava nesse período invernoso. Para se Ter uma idéia, mês passado faltou energia por volta das 09 horas, na área onde está instalado o trasmissor da Rádio Alto Piranhas, que ficou fora do ar e indústrias de doces e só voltou no dia seguinte, quase meio dia, causando vários prejuízos e transtornos aos consumidores.

Os vereadores e as demais pessoas presentes, também reclamaram do péssimo atendimento, por parte de funcionários do escritório local, quando vão até o local, para resolver algum problema ou fazer reclamação e da falta de um plantão de eletricistas 24 horas, 24 horas, para solucionar com mais agilidade os problemas que surgem, especialmente nos bairros, principalmente no período noturno.

O presidente do Conselho do Consumidor, prometeu levar todos os problemas ao conhecimento da diretoria da Saelpa, cujo controle acionário era do Estado e foi vendida, no Governo Maranhão, a multinacional Cataguases Leopoldina, para que providências sejam tomadas.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS - ED. 330 (8 a 14/04/2005)

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *