Cajazeiras-PB, 12/12/2017
HOME » POLÍTICA » Zé Maranhão não descarta disputar o Senado e alfineta Wilson Santiago

Zé Maranhão não descarta disputar o Senado e alfineta Wilson Santiago

1azemaranhao

O ex-governador e presidente estadual do PMDB, José Maranhão (PMDB), voltou a afirmar, nesta quinta-feira (24), que sua pretensão é disputar a Câmara Federal nas eleições estaduais de outubro, mas ressaltou que seu nome está à disposição do partido para disputar o Senado Federal. Ele também alfinetou os ex-companheiros de partido, o ex-senador Wilson Santiago (PTB) e o deputado federal Benjamin Maranhão (que é seu sobrinho).

“Se for de interesse do partido, do nosso candidato a governador [Veneziano Vital do Rego] e dos partidos aliados coloco meu nome a disposição para disputar o Senado, mas minha pretensão é disputar a Câmara Federal”, ratificou.

As declarações de Maranhão são motivadas pelo seu desempenho nas ultimas pesquisas eleitorais para o Senado Federal da Paraíba, nas quais aparece em primeiro lugar, com mais de 30%. Ao comentar os números, o ex-governador rebateu as “críticas de que era um político ambicioso, que só pensa em si”.

O ex-governador disse também que a postura de abrir mão da candidatura, mesmo na liderança, é uma demonstração clara de que é um homem de grupo e, sem citar o nome, alfinetou o ex-senador Wilson Santiago, que deixou o PMDB, acusando-o de ser intransigente.

“Tenho 33% e abro mão da candidatura, enquanto isso tem políticos com 4,5% brigando para serem candidatos”, ironizou.

As declarações do ex-governador foram feitas durante entrevista ao Programa Rádio Verdade da Arapuan FM. Indagado se a sua fala não era uma indireta ao ex-senador, Maranhão desconversou, mas, mais adiante, disse que Santiago e Benjamin saíram do PMDB se queixando de falta de espaços depois de se elegerem para tudo.

“Ilustres membros do PMDB deixaram o partido se queixando de intransigência depois de se elegerem para tudo no partido”, questionado se seria uma nova indireta para Santiago Maranhão brincou e disse: “não é só ele, Benjamin também”.

ARARUNA ONLINE

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *