Cajazeiras-PB, 12/12/2017
HOME » NORDESTE » Vinícolas do Vale do São Francisco produzem garrafas de vinho pequenas para consumo individual

Vinícolas do Vale do São Francisco produzem garrafas de vinho pequenas para consumo individual

VINICOLAS

Este ano, as vinícolas da região do Vale do São Francisco tem inovado com uma produção especial de vinhos em pequenas garrafas de 210 ou 300 mililitros. Uma opção aprovada, sobretudo, por pessoas que fazem o consumo individual da bebida.

As garrafas são menores e chamam atenção do consumidor. Outro atrativo é o valor delas, porque os preços costumam ser mais baratos que as garrafas convencionais.

A empresária do setor de vitivinicultura, Isanete Bianchetti, disse que já chegou a triplicar a produção do novo produto.”Começamos com um lote pequeno de 3.300 mil garrafas e a gente já triplicou essa produção. Quando chega no mercado, as pessoas acham o formato diferente, além de ser prático de abrir por não precisar de saca-rolhas”, explica Bianchetti.

O administrador de empresas, César Mathias, mora sozinho em Petrolina há 13 anos. Apreciador de vinhos, as garrafas individuais foram aceitas para a época da semana santa e no consumo diário. “Uma garrafinha dessa vem a calhar. Temos condição de tomar uma dose sem muito custo, sem onerar muito o bolso”, explica.

Além da inovação das garrafas menores, a produção mais quantitativa do Vale é das garrafas convencionais, de 750 mililitros. Uma empresa de grande porte do vale produz 100 mil garrafas. Na Semana Santa, esse número passou para 280 mil. Um número maior do que o registrado no mesmo período, do ano passado, quando foram vendidas 250 mil garrafas.

Segundo o enólogo Ricardo Henriques, os vinhos produzidos no Vale do São Francisco já tem um mercado conquistado. “Grande parte do vinho fica no Nordeste, Sul e Nordeste. Na Páscoa, o consumo do Nordeste é de vinhos tintos e enquanto no Sul e no Sudeste tem ainda pedidos de espumantes”, revela.

G1

SOBRE G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *