Cajazeiras-PB, 14/12/2017
HOME » REGIONAL » Trauma confirma morte de bonitense que foi jogada de veículo em JP

Trauma confirma morte de bonitense que foi jogada de veículo em JP

bonitense-morte-br

A adolescente de 17 anos que estava internada há 22 dias no Hospital de Trauma de João Pessoa após cair de um carro em movimento na BR-230, na Capital, morreu na unidade médica por volta das 12h desta terça-feira (13).

De acordo com informações da assessoria de imprensa do Trauma, a família dela, que é do município de Bonito de Santa Fé, no Sertão a 493 quilômetros da Capital, já foi avisada da morte e está vindo para a Capital. O corpo será levado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) de João Pessoa que emitirá o laudo com a causa da morte da adolescente.

A vítima teve ferimentos graves após cair de um veículo em movimento, quando o carro passava pela comunidade Santa Clara, no bairro Castelo Branco, na Zona Leste de João Pessoa, no dia 21 de abril.

O caso passou a ser acompanhado pela Polícia Civil depois que testemunhas relataram ter visto o carro em alta velocidade, após o acidente com a garota, e do registro de mensagens suspeitas no telefone celular da vítima, indicando que ela estaria sob uma situação de risco em um transporte que seria alternativo.

Segundo a polícia, a adolescente teria saído da casa de uma amiga no bairro de Intermares, em Cabedelo, na noite de 21 de abril, para comprar uma passagem no Terminal Rodoviário de João Pessoa, de onde partiria para a cidade de Bonito de Santa Fé, no Sertão, para visitar parentes. Durante o percurso no suposto alternativo, a vítima trocou mensagens com a amiga, dizendo que havia pego um “alternativo estranho”.

Depois disso, ela foi achada às margens da rodovia federal por uma pessoa, que pediu ajuda a uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel que passava pelo local e prestou socorro à adolescente. Desde então ela estava internada na ala de pacientes em estado gravíssimo e após 22 dias não resistiu e morreu.

PORTAL CORREIO

SOBRE Portal Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *