Cajazeiras-PB, 23/10/2017

‘Super-herói’ que faz sucesso em Campina é ação promocional de banda

video_grandman

As aparições de um homem vestindo uniforme colorido na noite de Campina Grande foram registradas e ganharam milhares de visualizações nas redes sociais em poucos dias. O “super-herói” aparece evitando o ataque a uma moça em uma rua escura e se esquivando de uma foto após impedir um assalto. O que os cidadãos não esperavam era que o “Grandman, o super tropeiro” fosse uma campanha publicitária para o novo clipe da banda Grandphone Vancouver (postado no Youtube), que ficou famosa em julho de 2012 com a viralização do clipe “Miss Me”, que faz referência a 25 vídeos de artistas do mundo pop.

O Grandman, como é chamado, começou a ficar famoso depois de uma postagem na fanpage “CG da depressão” no Facebook. Na publicação, datada de 16 de maio, o “super tropeiro” aparece em uma foto de baixa qualidade. As cores do uniforme do “super-herói” fazem referência à bandeira de Campina Grande.

“Uma senhora ligou para uma rádio local informando que um homem vestido de super-herói havia impedido que bandidos lhe roubassem no bairro do Zé Pinheiro. Caso à parte, hoje recebemos uma foto tirada de um celular no bairro do Alto Branco, onde um casal presenciou a passagem desta figura excêntrica pelo local por volta das 23h00 desta quinta-feira. Segundo o casal, o homem vestia uma calça amarela, botas e luvas, uma blusa e uma máscara verdes. Ao ser flagrado, o homem saiu correndo”, diz o post.

Três dias depois, a mesma página publicou um vídeo da câmera de segurança de uma casa que mostrava o “herói” impedindo um assalto a uma mulher no bairro da Conceição. Segundo o administrador da página, Magno Formiga, o vídeo foi assistido quase 15 mil vezes e a foto vista 167 mil vezes até esta sexta-feira (23).

A página ainda disse ter recebido uma carta aberta do herói campinense, em que ele afirmava que “numa cidade onde cresce a violência, o medo e o egoísmo, não podemos deixar que a paz, a esperança e o amor ao próximo morram,se não estaremos todos fadados a uma descrença sem fim em nós mesmos, seres humanos”.

“Herói” na verdade é ator – O fato é que o “herói” que aparece na foto e no vídeo é o ator Fabiano Raposo, de Campina Grande. Todas as ações foram arquitetadas, inclusive com a página do Facebook e o morador que filmou a ação do Grandman no bairro da Conceição. “Todo mundo é ator. A gente tinha um amigo que tinha uma câmera de vigilância que já tinha postado um vídeo verídico nas redes sociais. A gente usou o gancho da verdade para divulgar esse vídeo. E Magno foi nosso braço direito nessa divulgação, foi nosso cúmplice”, explicou o líder do Grandphone Vancouver, Fernando Ventura, que é vocalista, compositor e pianista da banda.

Clipe mostra o herói já aposentado (Foto: Reprodução/Youtube/Grandphone Vancouver)
Clipe mostra o herói já aposentado
(Foto: Reprodução/Youtube/Grandphone Vancouver)

“Isso é um trabalho de mais de um ano de criação. Meu corpo tremia a cada postagem. Foi muito trabalhoso, desde a gravação, concepção, ensaios”, disse o líder da Grandphone Vancouver, que informou que não tem ligação com nenhuma agência de publicidade.

O objetivo é ganhar votos para a música “Life is long enough” na primeira fase do Prêmio Multishow de Música Brasileira 2014, na categoria Experimente. “Foi um projeto muito audacioso. Não vi nenhuma banda, em questão musical, que levasse o produto para a realidade da cidade”, explicou Fernando Ventura.

O clipe, lançado nesta sexta-feira (23) na página oficial da banda, conta a história de um herói aposentado. “A música fala que a vida é longa o suficiente. A gente trabalha com a questão da terceira idade, queria transmitir que é uma idade que você ainda pode fazer algo pela sua vida. O Grandman é um herói aposentado que tem a esposa morta por seu arqui-inimigo e vive uma situação de revanche”, relatou Ventura.

O fim do clipe dá uma pista de que há mais coisa por vir com um “to be continued”, ou “continuará”, em livre tradução. Segundo Ventura, o projeto é transmídia e vai continuar em formato de revista em quadrinhos e de jogo para celular. “O espectador vai ser o próprio Grandman no aplicativo”, explicou.

G1

SOBRE G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *