Cajazeiras-PB, 12/12/2017
HOME » ALMANAQUE » Soia Lira, a atriz

Soia Lira, a atriz

Maria Auxiliadora Lira de Souza adotou o nome artístico de Soia Lira, nasceu em Cajazeiras, e começou a carreira artística no teatro ainda criança, ao lado dos irmãos Buda Lira, Nanego Lira e Bertrand Lira, em sua cidade natal. Inicialmente, no Grupo Mickey, atua em “O Bando de Ciganos”, “A Seca”, “A Procura da Flor Verde”, todos textos coletivos. Posteriormente, mudam o nome para Grupo Terra, encenando “O Beiço de Estrada” e “Os Pirralhos”.
Com o final do Grupo Terra, depois da saída da atriz Marcélia Cartaxo, deixa os palcos e retorna, em 1992, com a criação do Grupo Piollin, sob a direção de Luiz Carlos Vasconcelos, que adapta o conto “Vau de Sarapalha”, de Guimarães Rosa. O espetáculo sai em turnê pelo Brasil e pelo exterior, na Espanha, Alemanha, Inglaterra, Portugal e, Bélgica, ganhando uma série de prêmios em festivais.
Nos anos 2000, consquista se espaço no cinema, ao ser projetada como Ana, a mãe de Josué (Vinícius Oliveira), em “Central do Brasil”, de Walter Salles.
No teatro, com o Grupo Piollin, atua em “A Gaivota – Alguns Rascunhos”, dirigido por Haroldo Rego, em 2006, e também para um intercâmbio com. a Cia. Clara de Teatro, de Belo Horizonte. Em 2010, participa de “Retábulo”, de Osman Lins, adaptação e direção de Luiz Carlos Vasconcelos.
Na TV, em 1994, trabalhou em “A Mulher Vestida de Sol”, de Ariano Suassuna, com direção de Luiz Fernando Carvalho. Em 2007, integrou o elenco de “A Pedra do Reino”, também de Ariano Suassuna e com direção de Luiz Fernando Carvalho.

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *