Setor de serviços na Paraíba registra 2º maior crescimento do Nordeste


SERV-MKT

Mantendo o ritmo aquecido no início do ano, o setor de serviços da Paraíba registrou a segunda maior taxa de crescimento da Região Nordeste em fevereiro. Segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgados nesta quarta-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Paraíba apresentou alta de 9,8% em fevereiro, ficando atrás apenas do Ceará (11,8%) na região. Em janeiro, o Estado já havia registrado a maior taxa de crescimento do Nordeste e a terceira mais alta do país no setor.

Contudo, no acumulado do primeiro bimestre deste ano, a Paraíba manteve a liderança na região com alta de 13,5%, enquanto o Ceará caiu para a segunda posição (10,1%). Os dois estados são os únicos que registraram crescimento acima de dois dígitos. Os demais estados da região tiveram crescimento menor no setor como Rio Grande do Norte (8,6%), Alagoas (7,9%) e Pernambuco (7,3%). O país acumula alta de 9,8% nos primeiros dois meses deste ano.

Segundo analistas do IBGE, o crescimento da renda dos trabalhadores tem sustentado a expansão na receita nominal dos serviços prestados às famílias. Os serviços prestados às famílias, como os bares, restaurantes e meios de hospedagem, cresceram 13,2%, os serviços de informação e comunicação, 7,5%, os serviços profissionais, administrativos e complementares, 9,3%, transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio, 14,7%, e outros serviços, 6,5%.

A Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), primeiro indicador conjuntural mensal que investiga o setor de serviços no País, abrange as atividades do segmento empresarial não financeiro, exceto os setores da saúde, educação, administração pública e aluguel imputado (valor que os proprietários teriam direito de receber se alugassem os imóveis onde moram).

Desempenho de crescimento no setor de serviços na Região Nordeste

Estado  Crescimento em fevereiro  Crescimento no ano 
Ceará  11,8% 10,1%
PARAÍBA  9,8% 13,5%
Piauí  9,5% 5,7%
Rio G. do Norte  8,6% 8,6%
Maranhão  7,9% 6,5%
Bahia  7,5% 6,5%
Pernambuco  4,9% 7,3%
Sergipe  3,4% 6,1%
Alagoas  2,6% 7,9%

Fonte: IBGE/Pesquisa Mensal de Serviços

SECOM-PB
Previous Policiais civis da Paraíba sinalizam indicativo de greve
Next Secretaria de Saúde de Bom Jesus realiza vacinação contra gripe

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *