Cajazeiras-PB, 24/10/2017

Sem reconhecimento em Cajazeiras, Bruno Blindado comemora oito anos de carreira no MMA

O lutador de MMA Bruno Blindado, morador de Cajazeiras, voltou à terra para comemorar oito anos de carreira. Ele explicou que tudo se iniciou de forma muito simples e já conquistou o que nem imaginava. “Era um sonho muito pequeno”, disse o lutador no programa “Olho Vivo” da TV Diário do Sertão.

Atualmente Bruno está treinando em Curitiba e já é conhecido internacionalmente após lutas com muitas vitórias.

Ele defendeu o também lutador Anderson Silva, que ficou ferido em luta, e segundo Blindado foi injustiçado. “O cara teve a fratura e eu parei de ver ele como atleta naquela hora. Fiquei preocupado com ele, o homem que estava ferido”.

Ele revelou que chegou a ser contatado por um empresário para substituir Anderson Silva no UFC Curitiba, porém, não se concretizou porque o adversário do lutador não aceitava substituto. “Entendi o lado dele porque eu era desconhecido”.

Bruno explicou que atualmente é patrocinado por uma empresa do Canadá e outro de Curitiba, além de dar aulas em uma academia, mas revelou muita dificuldade no início da carreira.

Ele perdeu uma luta internacional e Bruno disse que ficou feliz pela oportunidade, mas ficou triste com a derrota, pois era uma ‘prova’ para o UFC. “Ia ser contratado direto para o UFC”.

Apesar de amar a cidade, levar o nome de Cajazeiras para o exterior, Blindado lamentou não ser reconhecido no município. “Não tenho reconhecimento de nada. Fiquei muito triste e não quis saber de empresários de Cajazeiras. Graças a Deus não preciso mais de nenhum empresário de Cajazeiras. Não me cumprimentem na rua”, declarou o lutador.

Em maio, na luta IMORTAL FC 4, Blindado fez valer favoritismo e venceu Tiago Varejão. Bem cotado no cenário nacional, ele conseguiu mais uma vitória depois de dominar os três rounds em São José dos Pinhais, estado do Paraná.

DIÁRIO DO SERTÃO

SOBRE Diário do Sertão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *